Filho de Caio Júnior não embarcou para a Colômbia porque esqueceu o passaporte

Matheus comemora com Caio Júnior durante a passagem do treinador pelo Vitória em 2013 (Foto: Reprodução/Facebook)

“Amigos, eu, meu irmão e minha mãe estamos bem. Precisamos de força e peço que nos deem um pouco de privacidade, especialmente a minha mãe. Agradeço a todos que estão ligando e mandando mensagens, eu estava em São Paulo hoje e não embarquei pois tinha esquecido meu passaporte. Somos fortes e vamos passar por isso. Obrigado a todos”, escreveu Matheus em sua conta no Facebook.

Mais de 70 pessoas entre jogadores, comissão técnica, dirigentes, convidados e jornalistas estavam no avião. Inicialmente, seis pessoas sobreviveram, mas o goleiro Danilo não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Já o lateral Alan Ruschel passou por cirurgia e foi transferido para outra unidade médica na colombiana. Ele pode ter sofrido uma lesão na medula e corre o risco de ficar paraplégico.

Caio Júnior estava na Chapecoense desde que Guto Ferreira deixou o comando da equipe para assumir o Bahia. Sob o seu comando, a Chape fez boa campanha no Brasileirão e conquistou a vaga inédita para a final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional. Em 2013, o treinador conquistou título de campeão Baiano com o Vitória e um ano antes tinha comandado o Bahia.

Entre outras equipes, ele passou ainda por Paraná Clube, Gama, Londrina, Palmeiras, Goiás, Flamengo, Vissel Kobe (Japão), Al Gharafa (Catar), Botafogo, Grêmio, Al Jazira (Emirados Árabes), Criciúma e Al Shabab (Emirados Árabes). Em nota a Conmebol lamentou o acidente e cancelou o primeiro jogo da decisão do torneio.

Correio24horas

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here