Puyol e Seedorf vão à Arena Condá prestar solidariedade

Espanhol e holandês, que jogou no Botafogo, participam de cerimônia fúnebre ao lado de presidente da entidade máxima do futebol Gianni Infantino

Comitiva com membros da Fifa chega ao velório na Arena Condá (Foto: Amanda Kestelman)

 

A corrente mundial de orações e homenagens do futebol à Chapecoense e às vítimas do trágico acidente de avião não para. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, chegou à Arena Condá acompanhado de Carles Puyol e de Clarence Seedorf. Os ex-jogadores foram prestar solidariedade ao povo de Chapecó na cerimônia fúnebre realizada no estádio.

O espanhol e o holandês, que jogou no futebol brasileiro pelo Botafogo, reforçam o conjunto de representantes internacionais no velório. O ex-jogador brasileiro Belleti é o porta-voz do Barcelona no cortejo. O clube catalão vai aposentar a camisa 73, em referência ao ano de fundação da Associação Chapecoense de Futebol. Pelo Real Madri, o jogador Lucas Silva, que atuou pelo Cruzeiro no futebol brasileiro, também está na cerimônia.

A Fifa enviou comitiva à cidade do oeste catarinense. No Brasil, mais de 10 clubes mandaram representantes, entre dirigentes, jogadores e ex-jogadores. O mundo do futebol se mobilizou nos últimos dias para homenagear e transmitir força para a população de Chapecó e todos os familiares que perderam jogadores, membros de comissão técnica, dirigentes e jornalistas.

puyol arena condá velório (Foto: Amanda Kestelman / GloboEsporte.com)
Puyol atravessa o campo debaixo de muita chuva na Arena Condá (Foto: Amanda Kestelman / GloboEsporte.com)
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here