Dólar opera em alta depois após afastamento do presidente do senado

0
Imagem da internet
>

O dólar opera em alta nesta terça-feira (6), após o afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do cargo levantar temores sobre o andamento das medidas fiscais no Congresso, e com o mercado repercutindo o detalhamento da Proposta de Emenda Constitucional sobre a reforma da Previdência.

Às 10h40, a moeda norte-americana subia 0,38%, vendida a R$ 3,4425.

Acompanhe a cotação do longo do dia:
Às 9h10, alta de 0,74%, a R$ 3,4549
Às 9h40, alta de 0,78%, a R$ 3,4563
Às 10h, alta de 0,23%, a R$ 3,4374

Na véspera, o dólar caiu 1,24%, a R$ 3,4294 na venda, depois de fechar a semana passada com alta acumulada de 1,73% e no maior nível desde meados de junho (R$ 3,4726).

Cenário local

Para tentar garantir a aprovação da PEC do teto dos gastos até o dia 13, o Planalto enviará emissários ao substituto de Renan, o petista Jorge Viana (AC), para tentar evitar adiamento, segundo a Reuters.

A política nacional segue despertando apreensão, com escândalos recentes envolvendo aliados do presidente Michel Temer e movimentos polêmicos no Legislativo provocando incertezas quanto ao ritmo de avanço de medidas consideradas importantes para a recuperação da economia, destaca a agência.

Investidores aguardam a apresentação do projeto de reforma da Previdência a líderes da base aliada no Congresso e a representantes de movimentos sociais, antes de enviar o texto nos próximos dias ao Congresso Nacional. O tema é considerado um dos mais importantes para colocar as contas públicas do país em ordem, segundo a Reuters.

Atuação do BC

O Banco Central realiza novamente leilão de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares, com oferta de até 15 mil contratos para rolagem dos contratos que vencem em janeiro.

Correio do Estado

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here