13º salário dos servidores estaduais será depositado na quinta-feira

0
602

O depósito do 13º salário do funcionalismo estadual será na próxima quinta-feira, dia 15 de dezembro, com disponibilidade para saque a partir de sexta-feira, dia 16. O anúncio foi feito pelo governador Reinaldo Azambuja na tarde desta segunda-feira (12). De acordo com o governador, serão injetados na economia cerca de R$ 1,2 bilhão somente neste fim de ano, referentes a vencimentos dos servidores estaduais. Representantes do comércio estiveram presentes durante a divulgação da data.

“Nós fizemos um esforço e um planejamento que vem de 2015, o qual nos deu condições de poder cumprir com regularidade a folha de pagamento. Pagar o mês de novembro no dia 1º de dezembro, o 13º salário agora no dia 16 e o mês de dezembro no dia 1º de janeiro, construindo um montante de R$ 1,2 bilhão com as três folhas. Isso mostra a equipe se planejando. O estado fez sua parte e hoje temos a satisfação de anunciar esse pagamento, que é um pedido de todas as associações ligadas ao comércio para aquecer nossa economia”, declarou o governador.

Dentre os obstáculos citados por Reinaldo para conseguir provisionar o 13º salário foi citada a queda de receita e perda do ICMS (principalmente do gás), que registrou quase R$ 700 milhões negativos esse ano. O governador destacou que as medidas austeras tomadas em 2015, com reajustes de impostos como IPVA, ITCD, ICMS dos supérfluos, foi o que auxiliou a equipe econômica a manter o equilíbrio fiscal a duras penas.

“Foi bastante difícil, mas conseguimos achar um equalização. O governo vem fazendo uma reserva desde o início do ano de 2016. Seguramos um pouco em dezembro por conta da economia atípica. Tivemos estagnação no terceiro bimestre, diferente do que era projeto. Mesmo com tudo isso conseguimos fazer o equilíbrio para pagar em dia os salários e o 13º dos servidores ativos e inativos de MS”, afirmou Reinaldo.

O presidente da Associação Comercial de Campo Grande (ACICG), João Carlos Polidoro, pontuou que o pagamento do 13º salário em dia por parte do governo do Estado é importante, pois traz mais segurança aos comerciantes. “Foi um pedido nosso pagar antes do dia 20, para que o funcionalismo pudesse sair sem pressa, passear com a família. Vai dar tempo desse consumidor gastar mais e melhor neste fim de ano”, frisou Polidoro.

Na avaliação do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Hermas Renan Rodrigues, o dinheiro é o principal veículo de estímulo, que gera emprego, renda e ainda se converte em tributos, fazendo a roda da economia girar. “Nós estamos contando com os R$ 1,2 bilhão. No meio de tantas notícias ruins, Mato Grosso do sul nos dá esse estímulo, que anima e muito o comércio. O governo cumpre seu papel, com gestão responsável. É uma satisfação a CDL estar presente durante esse anúncio”, finalizou.

Estiveram presentes ainda o secretário de Governo, Eduardo Riedel; secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula; secretário de Administração, Carlos Alberto Assis; deputados estaduais Beto Pereira, Rinaldo Modesto e Eduardo Rocha.

Douradosnews

Comentários no Facebook