Secretário de Saúde Nelson Tavares visita Hospital Regional de Ponta e confere melhorias

0
Após a administração do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto (Hospital Regional de Ponta Porã) passar a ser realizada pelo Instituto Gerir, diversas melhorias foram implementadas na qualidade do atendimento, com investimentos na infraestrutura e implantação de modernos processos de gestão. E para conferir as mudanças, o secretário de Estado da Saúde, Dr. Nelson Tavares, esteve no Hospital Regional para nesta quarta-feira (14).
 
Segundo Nelson Tavares, as mudanças atendem as expectativas referentes às transformações que a Organização Social faz no serviço público. “Vi não só na parte física, mas também tive contato com as pessoas, com o funcionamento do Hospital, com os protocolos, os processos completamente diferenciados. Vi o planejamento que é feito para capacitação e treinamento dos funcionários e a partir daí tive certeza que a implantação da Organização Social neste hospital é um marco na qualidade da saúde a ser oferecida em todo o Conesul”, afirmou o secretário de Saúde.
 
“O maior beneficiado com as adequações realizadas na instituição é a população. Durante a visita foi possível o secretário comprovar isso de perto, pois apresentamos desde a nova recepção, maternidade, a UTI com novos leitos, com isolamento e completamente equipada. Também apresentamos o novo refeitório, onde é servida a alimentação adequada e balanceada, além do serviço de hotelaria hospitalar, com todo um processo que proporciona mais qualidade na estadia do paciente internado”, explicou o superintendente regional do Instituto Gerir, Dr. Nasser Rodrigues Tannus.
 
Nova estrutura de atendimento
 
O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto agora conta com um moderno refeitório com serviço padronizado, que é administrado por uma empresa terceirizada no ramo alimentício. A empresa colocou em prática dietas elaboradas conforme as especificações médicas e as patologias de cada paciente.
 
Segundo informações da gerente regional da empresa, Giselle Vilela, os pacientes internados fazem seis refeições diárias e os servidores, entre eles, médicos, enfermeiros e outros funcionários, cinco refeições. “Temos três cardápios diferentes alterados a cada 90 dias. A alimentação é elaborada por uma equipe de cozinheiros treinados e capacitados para garantir uma boa alimentação, higiene e cuidados com a armazenagem dos alimentos”, explicou Giselle.
 
Atualmente, o hospital oferece 104 leitos de internação e centro cirúrgico com três salas em funcionamento. Com a administração do Instituto Gerir, o HR contará com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), entre eles, um leito de isolamento e três leitos humanizados, com direito a acompanhante.
 
O diretor administrativo do Hospital Regional, Franco Monteiro Xavier, aponta que as transformações vão além da estrutura física do local. “A prioridade do Instituto Gerir é o paciente, a partir dele abrangemos outros setores. Então estamos estruturando o Hospital e realizaremos, a partir de janeiro, cursos de capacitação com os funcionários para que os pacientes recebam um atendimento mais humanizado. Vamos mudar o conceito de atendimento”, disse Xavier.
 
Outras reformas estão programadas para o Hospital. De acordo com diretor administrativo, o pronto socorro também será reformado. “O Hospital Regional passará por outras adaptações. O próximo passo começará no pronto socorro e então seguirá para as enfermarias. Com estrutura física, pessoal capacitado e humanizado seremos referência em qualidade de atendimento em toda a região”, finalizou Franco Xavier.
Assessoria de Imprensa
Hospital Regional de Ponta Porã
Dr. José de Simone Netto

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta