Hospital Regional realiza palestras e treinamentos para os funcionários

1
 
O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, através da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), vem realizando palestras, treinamentos e orientações para os servidores de todos os setores da instituição. Entre os temas abordados está a NR-32, conhecida como norma regulamentadora que trata da saúde e bem estar dos trabalhadores da área da saúde em geral, e tem como objetivo a diminuição nos índices de doenças e acidentes de trabalho.
 
Estão sendo ministradas palestras para enfermeiros e técnicos de enfermagem sobre acidentes com material biológico, violência sexual, higienização das mãos, treinamento sobre reanimação cardiopulmonar (RCP), sinais e sintomas de pacientes graves e uso correto da incubadora de transporte. Já o treinamento para médicos aborda técnica, necessidade e cuidados para intubação endotraqueal (método utilizado para auxiliar na ventilação mecânica dos pulmões do paciente, e também na aplicação de anestesia geral).
 
Em dezembro foram realizadas no Hospital Regional palestras sobre atualização das patologias em ocorreram em 2016 como dengue, zika e chikungunya, e treinamentos como fluxograma de declaração de óbito, ministradas pelas enfermeiras do Núcleo de Vigilância Epidemiológico Mariana Euzébio, Cássia Cabral e Ana Cristina Pires, e pela médica Fernanda Correia.
 
De acordo com Mariana Euzébio, os temas estão sendo abordados em todos os setores do Hospital Regional, para atualização dos servidores. “Em relação à atualização de patologias como as transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, os servidores precisam se adequar com as mudanças ocorridas. O objetivo é mostrar que a melhor maneira de evitar as infecções dos profissionais e pacientes é através de cuidados, como a higienização correta das mãos”, explicou Mariana.
 
“Atividades como palestras, treinamentos e orientações serão continuas para os profissionais do Hospital Regional, sobre diversos temas, pois é importante trabalhar com mais segurança e proporcionar mais qualidade no atendimento dos pacientes”, finalizou Mariana.
Assessoria

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta