Mais que dobra número de peixes apreendidos durante a Piracema em MS

0
>

Mais que dobrou o número de peixes apreendidos na Piracema – período dedicado à reprodução e de proibição da pesca. O índice refere-se a dois meses de fiscalização em rios do Mato Grosso do Sul e foi comparado ao mesmo período entre 2015 e começo de 2016. A quantidade de pessoas presas durante a prática ilegal aumentou em 63%. Os dados foram divulgados hoje pela Polícia Militar Ambiental (PMA).

Conforme informações, entre novembro do ano passado e início de janeiro, foram 743 quilos de pescado. No balanço anterior divulgado, foram 304 quilos. O resultado atual é 144% maior.

Em relação aos presos, foram 36 nesta operação e 22 na passada. O valor das multas também cresceu de R$ 54,1 mil para R$ 64,5 mil. Consequentemente, a quantidade de petrechos e barcos apreendidos também foi elevada.

As pessoas que foram autuadas e presas responderão a processo criminal e poderão, se condenadas, pegar pena de um a três anos de detenção. Além disso, a multa administrativa é de R$ 700 a R$ 100 mil, mais R$ 20 que são cobrados por quilo do pescado irregular.

A Polícia Militar Ambiental (PMA) alerta que manterá a estratégia de fiscalização intensiva. A abertura da pesca está prevista para o dia 28 de fevereiro.

Correio do Estado

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta