Secretária do lar é torturada após patroa desconfiar de traição em Pedro Juan Caballero

0
>

Adolescente de 15 anos ficou gravemente ferida na noite desta sexta-feira (13), ao ser torturada pela dona da casa onde trabalhava em Pedro Juan Caballero, município que faz divisa com Ponta Porã, na fronteira entre Brasil e Paraguai – distante cerca de 323 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Porã News, a mulher, identificada como Rosa Lorena Del Valle, teria desconfiado que a jovem, que trabalhava na casa dela como empregada doméstica, estava mantendo um relacionamento com seu marido, conhecido como “Anderson”.

Rosa então teria torturado a jovem, cortando o cabelo e raspado a sobrancelha dela, e depois a obrigou a tomar soda cáustica, uma substância química altamente perigosa, que causa corrosão.

Conforme o site, a menina chegou a ser socorrido e devido a gravidade dos ferimentos, precisou ser transferida em um avião, para um hospital em Assunção, capital do Paraguai.

A polícia paraguaia agora procura a mulher e o marido, que fugiram logo após o crime.

Douradosnews

Comentários no Facebook