Jogadora revelada pelo Comercial reforça equipe feminina do Santos

0
>

A sul-mato-grossense Patrícia Sochor, 22 anos, vai realizar um sonho de criança nesta temporada: jogar no Santos, seu time de coração.  Natural de Iguatemi — a 466 quilômetros de Campo Grande — e revelada pelo Esporte Clube Comercial, a atacante assinou contrato com a equipe praiana por uma temporada e já mira títulos com a camisa alvinegra.

O acerto com Patrícia é parte da reformulação do futebol feminino no Santos, que inaugurou este mês um andar da Vila Belmiro dedicado exclusivamente para alojar as atletas. O elenco de 35 jogadoras se apresentou na última sexta-feira, a fim de começar os trabalhos sob o comando do técnico Caio Couto.

Em entrevista ao Correio do Estado, a atacante contou como foi sua chegada à Santos. “Fui muito bem recepcionada, não só pelas minhas companheiras, mas também pela comissão técnica. Me levaram pra conhecer toda a estrutura,  do masculino e do feminino”.

Patrícia tem passagens pela Seleção Brasileira de base em seu currículo. Em 2014, foi campeã sul-americana com o time Sub-20, no Uruguai. Confiante, a sul-mato-grossense reforça a ambição. “Tenho certeza que será um ano de muitas conquistas. Temos um grupo forte e com certeza vamos em busca dos títulos”, acredita.

Em 2016, a atacante de Iguatemi teve sua primeira experiência internacional, pelo Sporting Huelva, da primeira divisão do Campeonato Espanhol. A proposta santista, porém, seduziu Patrícia a voltar. “Minha passagem pela Espanha foi rápida, apenas seis meses. Pude mostrar meu valor dentro de campo e deixar o melhor de mim. Acredito que um dia eu possa voltar a jogar fora do Brasil, mas hoje minha prioridade é estar no Santos”, diz.

MARTA

A atacante Marta, melhor jogadora do mundo por cinco anos consecutivos (2006 a 2010), também está nos planos do clube alvinegro para esta temporada. Enquanto os diretores santistas buscam patrocinadores para viabilizar a contratação, Patrícia sonha com uma parceria em campo. “Seria uma experiência incrível que me acrescentaria muito. Seria uma honra poder jogar ao lado dela”, aponta.

O primeiro desafio de Patrícia com o Santos é em março, quando começa o Campeonato Brasileiro. O clube ainda brigará também no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta