Agepen e Exército iniciam preparativos para possível atuação conjunta

0

Campo Grande (MS) – Com base no decreto presidencial que oferece contribuição do Exército Brasileiro para ajudar nos trabalhos realizados em presídios de todo o Brasil, a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e o Comando Militar do Oeste (CMO) iniciaram os estudos para verificar as possibilidades de atuação conjunta em prol do reforço na segurança das unidades prisionais de Mato Grosso do Sul.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, já está sendo traçado um panorama sobre a situação dos presídios do Estado e a intenção é que o Exército auxilie com a tecnologia disponível e necessidades pertinentes. “O Exército dispõe de equipamentos que nós ainda não possuímos e isso amplia significativamente as possibilidades de obtermos sucesso nas ações”, destaca.

apresentação Agepen Exercito1

Na última semana, o diretor da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande, João Bosco Correia e os agentes penitenciários Edmilson Rodrigues Horacio e Geilson Mendes Vernochi ministraram uma palestra a militares do Exército sobre a rotina de unidades prisionais, características e os trabalhos que desenvolvem, como as operações pente-fino. “É importante essa apresentação por parte de nossos servidores, que têm experiência de todo o trabalho executado dentro de nossos presídios”, ressalta o dirigente.

Para Stropa, “apesar de o sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul não ter registrado nenhum fato que direcione a alguma crise, como em outros estados, a ajuda dos militares pode ser importante, pois reforça os trabalhos que já vêm sendo feito com maestria pelos agentes penitenciários”.

Assessoria

1 total views, 1 views today

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta