Emocionado após passar em vestibular estudante não resiste e morre

0
>

Amigos e familiares velam nesta quarta-feira (1º), em Soure, no arquipélago do Marajó, o corpo de Geonne Natalino Azevedo Silva, de 29 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória enquanto comemorava o aprovação no vestibular para o curso de pedagogia da Universidade do Estado do Pará (Uepa), no último dia 31 de janeiro.

De acordo com Dayse Freitas, prima da vítima, ele tentava ingressar no curso de graduação há pelo menos cinco anos e ficou emocionado desde que viu que havia alcançado uma boa pontuação na redação do Enem.

“Quando ele viu que tinha tirado 900 na redação, ele já entrou em um estado de ansiedade e já não dormia direito. Mas acredito que ninguém soubesse que ele tinha um problema no coração e que isso fosse um risco”, contou.

Forte emoção

Ainda segundo Dayse, após ouvir o nome entre os aprovados do curso, na manhã do último dia 31, ele seguiu na companhia de amigos para participar da festa preparada no cursinho particular onde estudava, no centro de Soure, quando começou a se sentir mal. Após comemorar a aprovação, os amigos relatam que ele sentiu uma forte dor no peito e desmaiou, tendo sido socorrido e levado até o Hospital Municipal Menino Deus, onde morreu por volta de 12h20.

“Ele era muito inteligente, esforçado, e tinha esse sonho de ser professor. Ele já dava até aulas particulares para os meus filhos, outras pessoas, e estava muito confiante que dessa vez conseguiria passar. Está sendo uma dor muito grande para nós da família”, lamentou a prima.

Após o velório, realizado na casa da família, o corpo seguirá para enterro no início da tarde, no cemitério público municipal.

Uepa lamenta morte do aluno

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) publicou uma nota de pesar na página da instituição na internet. Veja, na íntegra:

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) lamenta profundamente o falecimento de Geonne Natalino Azevedo Silva na tarde desta terça-feira, 31 de janeiro, e se junta aos familiares, amigos e colegas de classe neste momento de dor e sofrimento.  Geonne foi aprovado pelo Processo Seletivo (Prosel) no curso de Pedagogia para o Campus Salvaterra, e morreu enquanto comemorava a aprovação no vestibular, vítima de uma parada cardiorrespiratória. O corpo do jovem está sendo velado em Soure. O enterro será na manhã desta quarta-feira (1).

Correio Do Estado

Comentários no Facebook