Flagrado pescando sem licença, Zeca do PT é multado pela PMA

0
524

O deputado federal Zeca do PT foi flagrado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) pescando sem licença, no rio Paraguai, em Porto Murtinho na última terça-feira, dia 28 de fevereiro, ainda em período de Piracema.

De acordo com a assessoria, o deputado praticava a pesca esportiva e, por não portar a licença de pesca amadora no momento da abordagem, foi notificado e teve o material de pesca apreendido. Ele foi multado pela PMA em R$ 700.

Em nota, o deputado ressalta que possui a Licença de Pesca Amadora registrada no Sistema IMASUL de Registros e Informações Estratégicas do Meio Ambiente (SIRIEMA), sempre respeitou o período da piracema e é defensor dos rios pantaneiros, sendo contrário a qualquer ato de pesca predatória nos rios sul-mato-grosense.

O deputado federal Zeca do PT foi abordado no final da tarde da última terça-feira (28) por policiais militares ambientais no rio Paraguai, na cidade de Porto Murtinho, onde praticava a pesca esportiva. Por não portar sua licença de pesca amadora no momento da abordagem, foi notificado e teve seu material de pesca apreendido.

É proibido o abate de peixes no período da piracema, sendo permitido a prática da pesca esportiva, o popular “pesque-e-solte” na calha do Rio Paraguai em Mato Grosso do Sul desde 2009. É uma medida para manter os turistas nas cidades com vocação pesqueira, como Corumbá e Porto Murtinho, sobretudo por conta do Feriado de Carnaval, quando a proibição por conta da piracema ainda costuma vigorar.

Zeca lembra que durante todo o ano, há uma baixa de fiscalização na região, que vive inundada de pescadores paraguaios com petrechos proibidos. Para o deputado há uma necessidade de reforço do policiamento ambiental na calha do rio Paraguai com abordagens educativas, além da fiscalização de rotina.

Douradosnews

Comentários no Facebook