Neymar diz viver melhor momento da carreira e avisa que é difícil vencer o Brasil

0
Neymar concede entrevista em São Paulo 27/3/17 REUTERS/Paulo Whitaker

(Reuters) – Destaque da seleção brasileira e do Barcelona, o atacante Neymar disse que vive seu melhor momento nas partes técnica e física, e destacou que o Brasil voltou a ser uma equipe muito difícil de ser batida.

O atacante, que mantinha há meses distância da imprensa brasileira, quebrou o silêncio nesta segunda-feira, cinco dias após o Brasil praticamente confirmar sua vaga na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

“Preferi não falar mais porque tudo que eu falava levavam para o outro lado e isso machucava a mim, minha família e meus companheiros”, disse Neymar em entrevista coletiva na Arena Corinthians, local da partida de terça-feira, contra o Paraguai. “A poeira baixou e estou aqui falando de novo.”

Na semana passada, o Brasil chegou a 30 pontos nas eliminatórias, e, historicamente, as seleções que chegaram a essa marca foram aos Mundiais.

O atacante marcou um belo gol de cobertura na goleada em Montevidéu sobre o Uruguai por 4 x 1, e, dias antes, pela Liga dos Campeões, Neymar já tinha liderado o Barcelona na épica vitória de 6 x 1 do time catalão sobre o PSG.

“Fico feliz pelo momento que estou vivendo e acho que é o melhor deles na parte física e técnica”, afirmou o atacante.

Ele voltará a ser capitão da seleção brasileira no jogo contra os paraguaios, depois de pedir para abandonar a braçadeira logo após a conquista do inédito ouro olímpico em 2016.

De lá para cá, o Brasil e o jogador evoluíram, com a chegada do técnico Tite, que atingiu a marca de sete vitórias seguidas nas eliminatórias.

O time brasileiro se tornou mais organizado em campo, fortaleceu seu poderio ofensivo e ficou mais equilibrado defensivamente, tanto que a equipe levou apenas dois gols, sendo um contra e um de pênalti.

“A seleção vem chamando a atenção de muita gente e voltou a jogar futebol, marcar bem e sai jogando bem”, disse Neymar. “É difícil conseguir vencer o Brasil… nossa equipe, se estiver focada, na minha opinião, difícil parar”, completou.

O atacante atribuiu o sucesso da seleção à chegada de Tite. “Sempre falei que nunca existiu a Neymar dependência na seleção.. o professor chegou e conseguiu nos moldar, ajustar e colocar o Brasil para jogar da forma correta”, avaliou ele.

Reuters

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta