Polícia Federal fecha “laboratório” usado por traficantes em Ponta Porã

Mais de 100 policiais federais cumprem hoje 19 mandados de busca e 14 de prisão nas cidades gaúchas de Santo Antônio das Missões, São Borja, Santo Ângelo, Três Passos e Torres; além de Garopaba (SC) e Ponta Porã.

0
No "laboratório" em Ponta Porã era preparada a droga para ser distribuída para outros estados (Foto: divulgação PF)

A Polícia Federal fechou hoje (29), em Ponta Porã, uma espécie de “laboratório” onde traficantes utilizavam para preparar a droga e distribuir para outros estados. A ação faz parte de mais uma ação da PF contra o tráfico internacional de drogas. A “Operação Petrus”, desencadeada nesta quarta-feira, envolve os estados de Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A ação está cumprindo 14 mandados de prisão e 19 de busca e apreensão nos três estados.

De acordo com informações da PF, a droga (maconha e cocaína) era adquirida pelos traficantes no Paraguai, que entrava no Brasil por Ponta Porã. Na cidade, eles preparam a droga para posteriormente distribuir para vários estados, principalmente para as cidades de Torres e Santo Antônio das Missões no Rio Grande do Sul e Garopaba em Santa Catarina.

Na operação desta quarta-feira a PF está escalou 100 policiais federais que estão nas ruas nas cidades gaúchas de Santo Antônio das Missões, São Borja, Santo Ângelo, Três Passos e Torres; além de Garopaba (SC) e Ponta Porã (MS). A Polícia Federal também representou pelo sequestro de bens e contas bancárias da organização, cujo patrimônio estimado pode chegar a R$ 2 milhões.

No curso das investigações, cinco integrantes da organização foram presos em flagrante por tráfico de drogas. Os apreenderam mais de R$ 150 mil em dinheiro, além de 226,8 quilos de drogas , entre maconha e cocaína, lidocaína e cafeína, que servem para aumentar o volume das drogas, duas armas de fogo e veículos.

Os presos responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de entorpecentes e lavagem de dinheiro.

O nome da operação foi inspirado no grego antigo pétros, que significava pedaço de pedra, fragmento de rocha, uma referência às pedras e tijolos, como comumente são embaladas as drogas.

O progresso

27 total views, 1 views today

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta