Reitoria Itinerante da UEMS promove ações hoje em Ponta Porã

0
348

A segunda parada do projeto Reitoria Itinerante da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) é na unidade de Ponta Porã, nesta terça-feira, dia 18 de abril. O projeto visa promover um roteiro integrado de viagens da reitoria da UEMS e demais membros da gestão às 15 unidades universitárias da Instituição, com o objetivo de aproximar a reitoria das Unidades.

Participam da iniciativa o reitor, Fábio Edir dos Santos Costa, o vice-reitor, Laércio Alves de Carvalho, todos os pró-reitores, além de diretores, assessores e chefes de divisões e setores. “É uma alegria muito grande podermos estar mais próximos das nossas Unidades Universitárias e das comunidades que a nossa Universidade atende. Este é um programa onde a nossa Universidade estará mais próxima, despachando diretamente com a comunidade interna, com seus docentes, com técnicos administrativos, atendendo aos acadêmicos e ouvindo acima de tudo as comunidades locais”, ressaltou o reitor Fábio Edir.

A primeira ação foi em Amambai no dia 28 de março. Em Ponta Porã, a recepção de autoridades, comunidade acadêmica e sociedade ocorrerá às 8h30. Às 9h, o reitor Fábio Edir dos Santos Costa fará a apresentação institucional sobre o Impacto da UEMS na região. Às 10h, o vice-reitor Laércio Alves de Carvalho, falará sobre as potencialidades da Unidade Universitária. Das 13h30 às 18h, as Pró-reitorias, Diretorias e Assessorias farão atendimentos internos na Unidade.

UEMS em Ponta Porã

A unidade de Ponta Porã foi criada em 1994 e já diplomou 2320 profissionais nos bacharelados de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas. Atualmente conta com 485 matriculados nestes cursos de graduação, além do Mestrado em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos.

Durante a gestão do reitor Fábio Edir, a Unidade recebeu reformas estruturais e móveis novos adquiridos, totalizando investimentos de cerca de R$ 127 mil, de acordo com a Diretoria de Infraestrutura (Dinfra). Além do repasse de R$ 100 mil a cada um dos cursos de graduação e de R$ 200 mil para o Programa de Pós-Graduação.

Entre 2016 e 2017, foram destinados um total de R$350 mil em auxílios aos alunos e, também, bolsas de Programas Institucionais de Monitoria (PIM), Bolsas de Extensão (PIBEX) e Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), além do Programa do Governo Estadual Vale Universidade, e Vale Universidade Indígena.

Destaques

O Mestrado “Stricto Sensu” em Desenvolvimento Regional e de Sistemas Produtivos (PPGDRS), que funciona desde 2013, tem o objetivo de fomentar a área científica e, assim, promover o desenvolvimento econômico, a inovação e a integração na região de fronteira do Brasil com o Paraguai.

Fruto de discussões fomentadas no âmbito PPGDRS junto à reitoria da UEMS da Unidade foi decidido o apoio da instituição junto à iniciativa do Parque Tecnológico Internacional (PTin), em Ponta Porã, que foi planejado pelas federações da Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul), do Comércio (Fecomércio/MS) e da Indústria (Fiems), em colaboração com a UEMS e outras universidades e instituições, entre elas, UFMS, UFGD, IFMS e SEBRAE.

Com base na educação, ciência e tecnologia, o Parque desenvolverá o setor econômico, social e cultural da região de fronteira com o Paraguai, incentivando as relações internacionais de capacitação para a indústria, comercialização e ações políticas que beneficiem a rentabilidade rural e urbana.

A Unidade também teve destaque em 2017 com as notas obtidas pelos cursos de Administração (4), Ciências Contábeis (4) e Ciências Econômicas (3) no mais recente Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE). A pontuação máxima do Exame é 5. As notas correspondentes aos conceitos de “muito bom” (4) e “bom” (3).

Douradosnews

Comentários no Facebook