Ônibus são incendiados no Rio; polícia prende 26 suspeitos e apreende fuzis

0
72
Helicóptero da polícia sobrevoa ônibus queimado perto da comunidade Cidade Alta, no Rio de Janeiro. 02/05/2017 REUTERS/Ricardo Moraes

RIO DE JANEIRO (Reuters) – Ao menos sete ônibus e um caminhão foram incendiados em vias importantes do Rio de Janeiro na manhã desta terça-feira, em um ação supostamente orquestrada por suspeitos integrantes de facção criminosa em resposta a uma ação da polícia em comunidades na zona norte da cidade.

De acordo com a Polícia Militar, 26 pessoas foram presas e 17 fuzis foram apreendidos durante uma operação na comunidade da Cidade Alta, em Cordovil, que teria provocado a reação com ônibus queimados.

Ninguém ficou ferido nos incêndios nem durante a ação policial, segundo a PM.

Os ônibus foram incendiados na Avenida Brasil, na Rodovia Washington Luís e nos bairros da Penha, Cordovil e Bonsucesso. A ação interditou parcialmente as vias e o trânsito ficou bastante congestionado na região da Baixada Fluminense.

Segundo testemunhas, os incêndios foram provocados por homens mascarados e em motos, depois de intensos tiroteios entre supostos traficantes rivais registrados desde a madrugada na região.

“Estamos com tropas na Avenida Brasil e vias expressas para estabilizar a situação. Há uma clara articulação de criminosos mobilizando moradores para manifestações e uma forma de dispersar a ação da polícia”, disse o porta-voz da PM, major Ivan Blaz, a repórteres.

A Prefeitura do Rio decretou estágio de atenção por causa dos incêndios.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

 

Comentários no Facebook