Giro Esportivo: Por Shakin Nunes

0
Goleiro James da SEVA em ação (Foto: Shakin Nunes)

Copa Cidade de Ponta Porã: Neste Domingo (13) eu estive presente no campo da CoophaFronteira acompanhando a fase mata-mata do evento. No primeiro jogo a equipe da Mooca mais uma vez venceu de goleada o placar elástico foi dee 07×01 contra o Planlto que se despediu do campeonato. Os gols do time do jacinto foram marcados por Amarildo, Binho, Marcelo, Mano e dois gols do Torito.

Amarildo Ristof com sua família em Ponta Porã. (foto: Shakin Nunes)

 

Copa Cidade de Ponta Porã II: Ainda no campo da Coopha fronteira, O Sport Agui empatou em 1×1 com o Copaceres do Assentamento Itamarati, e nos pênaltis levou a melhor o time paraguaio que venceu o Copacereces por 2×1. No terceiro jogo do dia, a Seva venceu o Arsenal pelo placar de 2×1 no final da partida o jogador “Balotelli” tirou o coelho da cartola e garantiu a vitória do time da cidade Áurea e o passaporte para próxima fase da competição.

Copa Cidade de Ponta Porã III: A última partida levantou os torcedores presentes no local, o time do Sporting Sanga estava vencendo a partida e parecia que estava tudo sob controle, mas a equipe do Cometa foi valente conseguiu um empate histórico de 02×02 e nas penalidades venceu Sanga Puitã pelo placar de 5×4. O time do Chirú, Ratinho e Jimmy se despediram da competição de cabeça erguida.

Amarildo Ristof: Batemos uma papo com o jogador profissional de 29 anos que já defendeu o Corumbaense, Comercial e Rio Branco (AC), no ano passado teve passagem pela China. Aqui em Ponta Porã Amarildo Ristof está jogando pelo Mooca enquanto não fecha com nenhum time profissionalmente ele matém sua forma física e na estreia já mostrou que é fera fazendo um golaço.

Pavão: Outro jogador de alto nível que está disputando a Taça Cidade de Ponta Porã e o meia Pavão de 25 anos, ex-jogador do Atlético Mineiro (de base), 7 de Setembro, Itaporã, pelo Cene disputou a serie D do brasileirão. o Atleta já disputou a Copa do Brasil, aqui em Ponta porã ‘Pavão’ defende as cores do Mooca. Em conversa com a nossa redação o jogador está focado na competição e almeja o título, no profissional ele está a espera de fechar com algum clube em 2018. Com a chegada desses jogadores a cidade de Ponta Porã ganha com a experiencia desses atlestas e a qualidade, parabéns ao dirigente Jacinto Calonga e ao organizador do campeonato Paulinho Vieira pela excelente trabalho desenvolvido e pelo nível que o evento esportivo se tornou trazendo equipes e jogadores de fora.

 

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta