Cães farejadores irão auxiliar PRF no combate ao tráfico de drogas em MT

Cães farejadores estão sendo treinados para ajudarem no combate ao tráfico de drogas em Mato Grosso. A Polícia Rodoviária Federal firmou uma parceria com o Sindicato dos Transportadores de Cargas visando inibir o uso dessas empresas por traficantes.

De acordo com a PRF, em 2017, cerca de 2 toneladas de cocaína e 4 toneladas de maconha foram apreendidas, mais que o dobro de apreensões realizadas no ano anterior. De acordo com a PRF, a fiscalização com o uso de cães farejadores é preventiva, uma vez que, no estado, não há registro de apreensão de drogas em caminhões de transportadoras.

O treinamento dos cães não é feito com drogas de verdade, mas com um produto que simula os odores dos principais entorpecentes, como a maconha e a cocaína. O projeto teve início há duas semanas em Mato Grosso e, até o momento, 15 empresas aderiram à fiscalização.

Segundo o presidente do Sindicato de Transportadores de Cargas, Eleus Amorim, com o auxílio dos cães, a PRF deverá visitar os pátios das empresas e abrir algumas caixas para verificar se existem drogas sendo transportadas.

“Não sabemos o que tem dentro das caixas, e somente o fiscal pode conferir”, disse.

De acordo com o superintendente da PRF, Aristóteles Cadidé, um calendário será montado para monitorar a fiscalização, no entanto as datas não serão divulgadas. “Não vamos avisar os dias e nossos cães vão realizar um treinamento especial para ajudar na fiscalização”, contou.

De acordo com a PRF, o ideal é que o cão comece a ser treinado nas primeiras semanas de vida. A primeira parte do adestramento é o trabalho de reconhecimento de odores. Durante as simulações para treinamento, várias bolsas são espalhadas e o trabalho da mascote é identificar em qual delas há droga escondida. O treinamento não é feito com drogas de verdade, mas com um produto que simula os odores das principais drogas como a maconha e a cocaína.

G1

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here