Pesquisa mostra queda de 1,5% no material escolar em relação ao ano passado.

O material escolar dos filhos pode sair um pouco mais em conta este ano, se comparado ao mesmo período de 2017, isso porque a redução no valor da lista foi de 1,5%, conforme pesquisa realizada pelo Procon Dourados ontem (10), em oito papelarias, divulgado hoje (11).

A variação de um estabelecimento para o outro entre o menor e o maior preço, chegou a 77,5%, quando no ano passado foi de mais de 1000%.

Dos 74 produtos pesquisados, o que mais apresentou diferença de uma loja para outra, foi o papel para fichário, 1.902,4%, depois o transferidor, 1.011,11%, passando pela régua plástica com 337,50% e por fim, o lápis preto com variação de 440%.

Como mostrado essa semana pelo Dourados News, os pais estão optando por reaproveitar materiais como mochila, estojo, régua, tesoura. Para o gerente de uma das lojas visitadas, isso representa maior movimento, mas sem aumento no faturamento.

O Procon de Dourados alerta os pais que é essencial realizar uma pesquisa de preço antes de comprar os materiais dos filhos, além de prestarem atenção quanto à qualidade dos produtos.

Douradosnews

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here