Polícia acredita que o empresário que matou a ex tenha planejado o crime.

>

Dourados News vem mostrando a repercussão do assassinato de Halley Coimbra, de 38 anos, no último domingo (14), em Três Lagoas. Conforme novas informações e divulgado pelo Midiamax, a polícia acredita que o crime tenha sido premeditado pelo executivo Renato Bastos Ottoni, de 62 anos, ex-esposo da vítima, que foi encontrado morto com um tiro na cabeça dentro de seu carro, na última terça-feira (16).

A polícia afirmou que Renato teria falado para as filhas do casal, de 3 e 6 anos, que iria fazer alguma coisa com a mãe delas. As meninas teriam avisado a mãe, e sabendo a vítima teria advertido Renato que parasse de falar isso às filhas.

Na tarde de terça-feira (16), em Castilho, cidade interior de São Paulo, dentro de seu carro. O corpo teria sido localizado por uma criança de 8 anos e um jovem de 18 anos, que avisaram a polícia.

O carro estava travado e, para realizar a perícia, os policiais tiveram que estourar o vidro do passageiro e o teto solar. Renato estava com as mãos sujas de sangue, e pelo veículo ser blindado e estar fechado acredita-se em suicídio. Informações são de que ele possa ter cometido o suicídio no mesmo dia do crime, domingo (14).

Dourados news…

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here