Preço do botijão de gás cai 6% em Campo Grande.

0
>

Cotação passou de R$ 76,44 em média para R$ 71,87 em 4 semanas.

Na contramão dos demais combustíveis, o preço médio do gás de cozinha teve queda de 6% em Campo Grande e 2,6% no Estado em quatro semanas, de acordo com levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Enquanto na Capital o botijão caiu de R$ 76,44 para R$ 71,87, no Estado a média recuou de R$ 75,41 para R$ 73,44. Apesar da ligeira recuperação, quando considerada a média mensal de fevereiro, o consumidor ainda está pagando de 8% a 14% mais caro pelo gás de cozinha em relação aos preços praticados um ano atrás.

Se depender de levantamento do Sindicato das Micro, Pequenas Empresas e Revendedores Autônomos de GLP (Sinpergasc/MS), o impacto sobre o bolso da população pode ser ainda maior no comparativo anual.

“Fizemos levantamento do que mudou de 2017 para 2018 e verificamos que houve um aumento de 59% (no valor do gás), enquanto em janeiro a redução anunciada pelo governo federal foi de 4% e a inflação anunciada no ano foi de 3,4% aproximadamente. Então as contas não fecham”, explica o dirigente da entidade, Vilson de Lima.

Em relação às cotações do mercado, prossegue, os preços praticados na praça de Campo Grande variam de R$ 71 a R$ 80, considerando os formalizados. “Entre R$ 57 e R$ 70, a maioria é gás adulterado e o grande problema é que não tem fiscalização, trabalho que teria que ser feito pela ANP, a não ser que haja uma denúncia e entre na esfera criminal”, alertou.

Ainda conforme o presidente do Sinpergasc, com a nova política da Petrobras, agora o reajuste vai ser trimestral e o próximo percentual vai ser aplicado em março, “mas diante da realidade do País, não acreditamos em nova redução”.

correio do estado…

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here