Suspeito pelo estupro da filha é detido por lideranças.

Lideranças indígenas entregaram a policiais militares da Força Tática,  Daniel de Souza Hirala, 26. Ele é o principal suspeito de ter estuprado a própria filha, de cinco anos, na Aldeia Bororó, Reserva Indígena de Dourados.

O caso foi denunciado na tarde de terça-feira (6). Na residência onde estava o rapaz havia ainda um pé de maconha que acabou apreendido.

Hirala foi encaminhado ao 1º Distrito Policial para esclarecimentos e deve ser autuado em flagrante pelo estupro e também tráfico de drogas.

De acordo com as informações apuradas pelo Dourados News, a denúncia ocorreu após o irmão da vítima, de 9 anos, presenciar o fato e avisar a mãe, de 23 anos.

O Conselho Tutelar foi acionado e encaminhou a menor até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Após realizados exames, constatou-se lesões na vagina, algumas inclusive já cicatrizadas, sugerindo que a violência acontecia há algum tempo.

Em posse dos exames, os médicos da UPA transferiram a menina para o HU (Hospital Universitário), para exames mais detalhados, que confirmaram as lesões vaginal na criança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here