‘Esquina da Morte’ terá sinalização para conter acidentes em Ponta Porã

Guarda Municipal, através do setor de trânsito, vem dando suporte às mudanças

?

 

As mudanças que estão sendo introduzidas pela prefeitura no trânsito visam garantir maior segurança e agilidade no fluxo de veículos. A prefeitura de Ponta Porã está revitalizando o trânsito do município em pontos de intensa movimentação.

O projeto busca dinamizar o fluxo de veículos e evitar acidentes e mortes no trânsito em nosso município, lembra o secretário de Segurança Pública, Marcelino Nunes, emendando que o projeto de ordenamento do trânsito tem início e a intenção é melhorar a qualidade do fluxo em pontos de intensa movimentação, ponderou.

As mudanças visam melhorar e garantir maior dinamismo no fluxo de veículos no centro da cidade, além de reduzir sensivelmente os riscos de acidentes nos cruzamentos da avenida Brasil com as ruas Jorge Salomão (antiga Rio Branco) e São Paulo, onde estão sendo implantados conjunto semafóricos.

Além disso, a rua Paraguai, entre a rua Tiradentes e a rua D. Pedro II, área mais centrica, voltará a ser mão dupla, facilitando o escoamento do trânsito na avenida Brasil e rua Marechal Floriano. Os estudos foram desenvolvidos por técnicos.

O secretário de Segurança Pública, Marcelino Nunes vem acompanhando de perto as mudanças. Ele lembrou que o cruzamento da avenida Brasil com a rua Jorge Salomão foi batizada de “esquina da morte”, devido ao registro constante de acidentes nesse ponto. Essa via tem intensa movimentação pois liga o centro da cidade à região norte pela rua Jorge Antonio Salomão, inclusive dando acesso a Ceinf, ao cemitério municipal ´Cristo Rei´ – o maior da cidade, ao hospital regional de Ponta Porã e ao IML (Instituto Médico Legal).

O prefeito Hélio Peluffo vistoriou os serviços na ´esquina da morte´ acompanhado do secretário de Segurança Pública, Marcelino Nunes. Ele destacou o empenho da administração municipal em melhorar as condições de trafegabilidade na área central de Ponta Porã.

“Temos apenas três vias de ligação entre as regiões norte e sul, que são a avenida Brasil, rua Marechal Floriano e a rua Paraguai, o que estrangula a movimentação de veículos. As mudanças introduzidas foram precedidas de detalhado estudo técnico. A mão dupla na rua Paraguai, por exemplo, possibilitará o desafogamento da avenida Brasil e da rua Marechal Floriano”, destacou Peluffo.

Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here