Exército deflagra operação “Ágata de Aço I” na fronteira

0
1110
Divulgação
>

Cerca de 600 militares do Exército estão participando desde segunda-feira (2) de uma operação de combate aos crimes de fronteira no Mato Grosso do Sul. A Operação que é parte do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), criado por decreto em novembro de 2016, e está sendo coordenado pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), da Agência Brasileira de Inteligência (Abin); do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas; da Secretaria da Receita Federal; da Polícia Federal; da Polícia Rodoviária Federal; da Secretaria Nacional de Segurança Pública; e da Secretaria-Geral do Ministério das Relações Exteriores.

De acordo com informações, o objetivo da movimentação de tropas e coibir os principais crimes transfronteiriços, como narcotráfico, contrabando e descaminho, tráfico de armas e munições, melhorar a eficácia do trabalho de policiamento e inibir a ação de criminosos internacionais.

A 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada atuará também com operações curtas e pontuais e com a intensificação de operações de inteligência usando dados e equipamentos do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras o SISFRON que opera a partir de Dourados com tecnologia de última geração.

Quem circula pela região de fronteira já tem notado a presença de militares, carros de combate e até helicópteros que estão sendo usados na fiscalização de rodovias e estradas vicinais que dão acesso ao Paraguai e a outros estados.

MSEMFOCO

loading...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here