Faculdade Estácio de Sá demonstra interesse em curso de medicina

 

É o terceiro conglomerado de ensino superior buscando informações para implantar curso

O prefeito Hélio Peluffo recepcionou diretores das Faculdades Estácio de Sá, Danieli Biacio, diretora da instituição e Silvio Pessanha Neto, gestor nacional dos cursos de medicina do grupo Estácio, quando apresentaram o interesse em participar do processo para escolha da instituição de ensino superior a implantar o curso de medicina em Ponta Porã. O vereador Agnaldo Miudinho (PTB) e a secretária de Administração, Dulce Manosso participaram da reunião.

Os diretores foram recebidos no gabinete do prefeito quando, assim como ocorreu com a Universidade Brasil e a Universidade Presbiteriana Mackenzie, puderem ter acesso a informações detalhadas sobre a cidade, visando apresentar esboço do projeto ao Ministério da Educação, entrando assim na concorrência pública aberta pelo Governo Federal.

Os diretores das Faculdades Estácio de Sá após a reunião com o prefeito Hélio, visitaram as instalações do hospital regional ´Dr. José de Simone Netto´, onde conheceram toda a unidade hospitalar. Silvio Pessanha destacou que a Estácio de Sá apresentou ao prefeito Hélio Peluffo o interesse em entrar na concorrência pela implantação do curso de medicina no município, e a visita além de fazer essa apresentação formal, teve como objetivo conhecer detalhes do funcionamento do sistema público de saúde.

A Estácio é uma das instituições destaque de ensino superior do Brasil, com mais de 270 mil alunos, e está presente em todas as regiões do país, somando mais de 40 anos de atuação. O grupo educacional tem hoje Universidades, Centros Universitários e Faculdades, distribuídos em 19 estados. A Estácio oferece cursos de graduação (Bacharelado e Licenciatura), Graduação Tecnológica e Pós-graduação, nas modalidades presencial, à distância e à distância semipresencial.

“Temos real interesse em instalar o curso de medicina em Ponta Porã, trazer nossa estrutura para cá e colaborar com o desenvolvimento da saúde pública tanto no município como em toda a região”, disse Silvio Pessanha.

Com as Faculdades Estácio de Sá, já são três instituições com interesse em implantar o curso de medicina em Ponta Porã. Antes, diretores da Universidade Brasil e da Universidade Presbiteriana Mackenzie foram recepcionados pelo prefeito Hélio Peluffo para debater o mesmo assunto.

HOSPITAL-ESCOLA – Um ponto em comum está norteando a implantação do curso de medicina. Ponta Porã contará com hospital-escola visando fortalecer o ensino do curso. Nas reuniões, o prefeito Hélio Peluffo lembrou que Ponta Porã pertence à microrregião formada por sete municípios e que o hospital-escola poderá contemplar toda essa camada populacional. A infraestrutura para a montagem do projeto contará com apoio da prefeitura de Ponta Porã como parceira para canalizar as ações.

“Nosso hospital-escola terá condições de agilizar os atendimentos, desafogar a rede pública de saúde sem perda da qualidade. Nos municípios onde funciona, já há uma grande diferença positiva”, atestou o diretor da Universidade Brasil, Dr. Franklin Ronaldo Soares, um dos que estiverem em audiência no Paço Municipal.

O prefeito Hélio Peluffo sinalizou positivamente para a parceria visando viabilizar o hospital-escola no município de Ponta Porã, reiterando que todas as ações positivas beneficiando a comunidade têm e sempre terão o apoio do Poder Executivo. “Somos parceiros incondicionais de todas as ações benéficas para nossa cidade”, atestou o prefeito.

Na sessão ordinária de terça-feira, 17, a Câmara de Vereadores aprovou projeto-de-lei destinando doação de área para construção da sede da futura universidade que administrará o curso de medicina.

 

Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here