Portugal empata com Irã, em 1 x 1, e garante vaga nas oitavas da Copa

SARANSK, RUSSIA - JUNE 25: Ali Beiranvand of Iran saves the peanlty kicked by Cristiano Ronaldo of Portugal during the 2018 FIFA World Cup Russia group B match between Iran and Portugal at Mordovia Arena on June 25, 2018 in Saransk, Russia. (Photo by Hector Vivas/Getty Images)

pós um primeiro tempo equilibrado, com ligeira vantagem para os portugueses, a equipe europeia abriu o placar, contra o Irã, na Arena Mordovia, em Saransk, pela terceira rodada do Grupo B da Copa do Mundo da Rússia. Ricardo Quaresma deu um belo chute de fora da área, de curva, no ângulo direito do goleiro iraniano.

É briga direta pela classificação às oitavas de final. E com uma estrela em campo, Cristiano Ronaldo. O nome do melhor jogador da seleção de Portugal foi ovacionado pelos torcedores no estádio de Saransk após ser anunciado pelo sistema de som. Não à toa, ele já marcou quatro gols e é o vice-artilheiro da competição.

Mas…

Mas, aos sete minutos do segundo tempo, o próprio Cristiano Ronaldo vacilou numa cobrança de pênalti, e cobrou, à meia-altura, nas mãos do goleiro iraniano, que fez bela defesa. O próprio CR7 sofreu ao penalidade ao ser derrubado dentro da área.

Desconcentrado e nervoso, Cristiano Ronaldo deu uma entrada violenta em Pouraliganj. E o juiz resolveu consultar o árbitro de vídeo (VAR) para saber se o expulsava ou não. CR7 acabou levando cartão amarelo, punido após consulta ao VAR.

Os europeus começaram o jogo com quatro pontos, em segundo lugar no grupo, que era liderado pela Espanha, com a mesma pontuação. O Irã tem três pontos, na terceira posição. Quem ganhar se classifica. O empate favorece os portugueses. Marrocos, que encara os espanhóis – o jogo foi para o intervalo empatado em 1 x 1 –, é o único da chave eliminado antecipadamente com duas derrotas.

Entre os treinadores de Portugal (Fernando Santos), do Irã (Carlos Queiroz) e a vaga para a próxima fase, existe um certo Cristiano Ronaldo. O atacante é tratado com carinho e respeito pelo seu atual técnico, que o conhece bem. E carrega uma rusga com o treinador adversário, que o conhece tão bem quanto.

Carlos Queiroz conviveu com Cristiano Ronaldo no início de carreira do jogador, no Manchester United. O então auxiliar-técnico da equipe inglesa deu as primeiras orientações para o talentoso atacante ganhar títulos e ser eleito o melhor do mundo. Deu certo. Cinco vezes o “gajo” ganhou a Bola de Ouro. Muito mais pelo futebol do atleta do que pelas palavras do guru.

O jogo desta segunda-feira é a chance de o treinador superar o jogador. Se vencer, Carlos Queiroz fará história ao levar o Irã para as oitavas de final pela primeira vez. Para o atacante, uma derrota coloca um fim ao sonho dele de levar Portugal à inédita final de Copa do Mundo.

Cristiano Ronaldo já enfrentou os iranianos em Mundial. Foi em 2006, na fase de grupos. Aos 21 anos, fez o segundo gol da vitória lusitana por 2 x 0. Entre os 22 jogadores titulares, ele é o único que jogou aquela partida – o meia Masoud Shojaei, do Irã, também disputou o torneio, mas não jogou naquele dia.

Certo é que, ao fim dos 90 minutos, muito possivelmente apenas um comandante português vai comemorar a classificação às oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia.

Ficha técnica

Irã x Portugal

Irã: Ali Beiranvand; Ehsan Haji Safi, Morteza Pouraliganji, Ramin Rezaeian e Majid Hosseini; Saeid Ezatolahi, Vahid Amiri, Omid Ebrahimi, Karim Ansarifard e Mehdi Taremi; Sardar Azmoun.
Técnico: Carlos Queiroz.

Portugal: Rui Patricio; Pepe, José Fonte e Raphael Guerreiro; Cedric Soares, William Carvalho, João Moutinho, Bernardo Silva e João Mario; Gonçalo Guedes e Cristiano Ronaldo.
Técnico: Fernando Santos.

Árbitro: Enrique Caceres (Fifa/Paraguai).

Gol:

Horário: 15h.

Local: Arena Mordovia, em Saransk (Rússia).

www.metropoles.com

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here