Em decisão histórica, Canadá aprova uso recreativo da maconha

"Tem sido muito fácil para os nossos filhos consumirem maconha, e para os criminosos obterem benefícios. Hoje, mudamos isso", ressaltou o primeiro-ministro Justin Trudeau

Imagem Ilustrativa

O Canadá aprovou, por 52 votos a 29, a legalização do uso recreativo da maconha. A votação aconteceu  um dia após o projeto de lei ser provado pela Câmara dos Comuns.

O projeto segue para avaliação da governadora-geral do Canadá, Julie Payette, que representa a Coroa Britânica no país. Se aprovada, a maconha se tornará “completamente legal” em até 12 semanas, segundo previsão do governo.

Com o apoio público do primeiro-ministro Justin Trudeau, o Canadá se torna o segundo país do mundo, depois do Uruguai, a adotar a prática em todo o território. “Tem sido muito fácil para os nossos filhos consumirem maconha, e para os criminosos obterem benefícios. Hoje, mudamos isso. Nosso plano para legalizar e regulamentar a maconha acaba de passar no Senado”, escreveu Trudeau, em sua conta do Twitter.

Como será ? 

Segundo a nova lei, é possível cultivar até quatro plantas de maconha em cada residência para uso pessoal – e permitido um limite de posse de 30 gramas de cannabis em público. Além disso, a maconha só poderá ser comprada por comerciantes registrados. Assim, penas para a posse e comercialização não autorizada serão mantidas.

Fonte: Catraca Livre

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here