A Secretaria Municipal de Segurança Pública alerta a todos os motoristas e passageiros de Ponta Porã, para que façam uso do cinto de segurança e deixem de falar ao celular enquanto dirigem

No trânsito de Ponta Porã-MS, é muito comum e freqüente de se notar, que muitos motoristas e passageiros deixam de fazer uso do cinto de segurança, e com essa ação, acabam colocando em risco a segurança dos ocupantes do veículo, que caso venha a se envolver em uma colisão de forte impacto, poderá vir a arremessar os ocupantes contra o painel do mesmo, podendo causar sérias lesões ou acidentes fatais. Ainda tendo como agravante dessa situação, a ocorrência de crianças menores de 10 anos. Que com muita freqüência, são transportadas no banco da frente do veículo, e poderão se ferir gravemente e até vir a óbito durante uma possível colisão do veículo com acionamento do airbag.

De acordo com o Art. 167 do CTB, tal ato configura infração grave/com multa de R$ 195,23 e perda de 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Como medida administrativa, o Agente da Autoridade de Trânsito poderá reter o veículo até a colocação do cinto de segurança pelo infrator. Caso não seja possível realizar a abordagem, o infrator poderá ser autuado, mesmo sem ser abordado. Outra ação freqüente de se notar no trânsito de Ponta Porã-MS, são motoristas manuseando o telefone celular dirigindo, aumentando assim, o risco de acidentes de trânsito.

Muitos motoristas e motociclistas não sabem disso, e se sabem ignoram. A distração dos condutores aumentou muito com a popularização dos smartphones. Para dirigir é preciso estar atento a várias situações, aos pedestres, aos outros veículos, ao trânsito ao redor e etc, mas quando a atenção é dividida com o celular, o risco de acidente cresce muito. Segundo estudo recente do NHTSA – Departamento de Trânsito dos Estados Unidos — a possibilidade de ocorrer um acidente de trânsito aumenta em 400%, ao manusear o telefone celular.

Um risco muito maior do que o causado pela embriaguez, afirma a pesquisa realizada. Tal ato configura em infração de trânsito gravíssima/com multa que varia R$ 130,16 a R$ 293,47 e perda de 4 a 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Em Ponta Porã, no mês de novembro de 2018 vinte e um (21) motoristas foram autuados por deixar de usar o cinto de segurança. No mês de dezembro de 2018 foram três (03) autuações e em janeiro de 2019, um (01) motorista já foi autuado pelo mesmo motivo.

Durante o período dos últimos três meses, foram 25 autuações por deixar o motorista de usar o cinto de segurança. Por dirigir veículo utilizando, segurando ou manuseando telefone celular, no mês de novembro de 2018, setenta e nove (79) motoristas foram autuados. No mês de dezembro de 2018, oitenta e dois (82) e em janeiro de 2019 foram setenta e uma (71) autuações.

Somando durante o período dos últimos três meses, um total de duzentas e trinta e duas (232) autuações, envolvendo motoristas utilizando, segurando ou manuseando telefone celular ao dirigir veículo. Diante das estatísticas e gravidade dos fatos constatados, a Secretaria Municipal de Segurança Pública, faz um alerta a todos os motoristas e passageiros do município, que façam uso do cinto de segurança e que motoristas evitem utilizar o telefone celular enquanto dirigem.

A ação acontece em Ponta Porã-MS, cidade situada a 320 km da capital Campo Grande.

Assessoria de Comunicação Social da GCMFron

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here