Ponta Porã comemora 107 anos da emancipação

Ponta Porã fica na fronteira com o Paraguai. (Foto: Arquivo/Midiamax)

Carinhosamente chamada de ‘Princesinha dos Ervais’, a cidade de Ponta Porã, localizada a 346 km de Campo Grande, comemora 107 anos nesta quinta-feira (18). A cidade leva este ‘apelido’ devido às plantações de erva-mate, fundamentais para a economia do município e do estado na época.

Antes da Guerra do Paraguai, a cidade era uma região habitada somente por indígenas Nhandevas e Kaiowás. Aos poucos foi se formando o povoado, com o nome de Punta Porá, por ser o local favorito dos carreteiros que faziam o transporte da erva-mate.

Situada na fronteira seca do Brasil com o Paraguai, Ponta Porã foi uma das cidades que mais sofreu com a Guerra do Paraguai que lá deixou marcas bem profundas. Fica próxima de Cerro-Corá, local onde morreu o ditador Solano Lopes e que figura como um dos mais importantes monumentos da cidade.

O primeiro ponta poranense registrado, foi o de Boaventura Nazaré, nascido em 1895. O município só foi criado pela lei 617 no dia 18 de julho de 1912. Nas palavras do curador do Museu da Erva-Mate Santo Antônio, o professor Domingos José de Oliveira, Ponta Porã era neta de Nioaque e filha de Bela Vista.

Fonte: Midiamax

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here