Contorno viário: prefeitura avança com obras de drenagem

Obras de drenagem avançam no trecho onde será o contorno viário, no bairro São João

 

Serviço antecede ao início da pavimentação do contorno viário em vias do bairro São João

As obras de drenagem na região do bairro São João, por onde passará a primeira etapa da pavimentação do contorno viário, avançam e nas próximas semanas dará início efetivo ao trabalho no primeiro trecho da via ligando as regiões norte e sul, cortando a cidade ao meio e facilitando o trânsito de caminhões.

A drenagem chegará até a rua México, por onde passará o contorno viário. Ruas transversais como a avenida São João e rua 23 de abril também estão recebendo a benfeitoria. Já no bairro Jardim Estoril, as ruas Bolívia, Lourenço G. Monteiro e Guadalajara recebem a drenagem, assim como o prolongamento da rua Guia Lopes, desembocando na rua México.

“O contorno viário resgata um compromisso assumido com a população de Ponta Porã e com apoio do governador Reinaldo Azambuja, estamos prestes a dar início à obra, uma das mais aguardadas pela população nos últimos anos”, frisou o prefeito Hélio Peluffo, logo após a assinatura da ordem de serviço prevendo a execução da obra. É um investimento superior a R$ 22 milhões.

O anel rodoviário de Ponta Porã vai tirar os veículos pesados do centro da cidade, aumentando a segurança e garantindo a fluidez do trânsito.

O governador Reinaldo Azambuja já assinou o convênio para repassar os recursos necessários para a obra, executad pela prefeitura. No mesmo ato, ele ainda entregou e autorizou R$ 42,6 milhões em ações e obras no Município, além dos R$ 14 milhões em saneamento que estão em execução, somando mais de R$ 56 milhões no município.

De acordo com o prefeito Hélio Peluffo, a obra é um sonho de duas décadas. “É uma luta de mais de 20 anos que temos em Ponta Porã que é a construção do nosso contorno viário, dentro do município de Ponta Porã, e que vai criar várias funções. Além de você adensar a cidade, diminuir os espaços vazios (e com isso diminui o custo operacional do município), você tira todo o trânsito pesado da cidade. Ponta Porã é a quarta cidade do estado de Mato Grosso do Sul em termo de produção agrícola, a quinta cidade economicamente dentro do Estado e tem uma relevância muito grande, em termo de economia”, explicou.

Assessoria

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here