Chupa-cabra: O que existe de verdade sobre a lenda macabra?

Chupa-cabra: O que existe de verdade sobre a lenda macabra?


O chupa-cabra é um tipo de criatura muito estranha e, muitas vezes, não-identificada.

Ela foi avistada por muitas pessoas ao longo das últimas décadas em vários países. A criatura é, geralmente, descrita como tendo 1,5 metro de altura, pele estranha que lembra a de um lagarto com tom esverdeado ou marrom. Algumas pessoas que afirmam terem avistado a criatura nos EUA dizem que ela também possuía cabelos.

Um estabelecimento nos EUA chamado Capa County, no Texas, afirma possuir dois exemplares da criatura que foi abatida a tiros. Muitos acreditam que tudo isso não passa de apenas uma lenda folclórica, feito para assustar criançinhas mal educadas.

Capa County afirma que a criatura exposta foi abatida no dia 7 de julho do ano passado. Ela possui aparência bizarra, mas sua condição no ato da morte era inofensiva. O responsável pelo abate foi um policial da cidade de Cresson.O oficial Johnny Collins afirmou, aos jornais locais, que estava andando por povoados afastados, próximos de riachos, quando viu a criatura magra, com pele cinza, próxima de um celeiro chamado Wake Sports Ranch.

Ele veio em minha direção. Ele rosnou e saltou, como uma espécie de canguru parecido com ratazana. Eu nunca vi nada parecido em toda a minha vida”, declarou Collins.

O cadáver foi levado para uma clínica veterinária. Um dos médicos de plantão encontrou vários ácaros na pele que estavam vivos, mesmo após a morte do animal. Os ácaros são conhecidos por provocarem, em algumas espécies, sarna, mas este animal não tinha nenhum problema quanto a isso. Ele possuía parasitas internos, estava extremamente magro e teria morrido de fome se não fosse baleado.O nome chupa-cabra é derivado de Porto Rico, país que registrou os primeiros casos de cabras que apareciam mortas, sem sangue. As evidências mostravam que o sangue “desaparecia” do corpo, como se fosse drenado.


Para quem pensa que a lenda é nova, os primeiro rumores surgiram na década de 50, mas ganhou notoriedade nos anos 90, chegando a ser mais comentado no mundo do que o famoso monstro do Lago Ness.Já no Brasil, a famosa criatura ganhou notoriedade em diversos programas de TV que exibiam entrevistas com pessoas que afirmavam terem visto a criatura, bem como encontrado cabras, porcos, patos, galinhas e diversos outros animais sem nenhuma gota de sangue, com apenas 2 furos, geralmente no pescoço.

Apesar de todas as ‘provas’ testemunhais, animais mortos encontrados sem sangue e evidências que, muitas vezes são bastante contundentes, não existem provas suficientes que mostrem a sua real existência.

chupa cabra

 

Jornal Ciência