UFMS de Ponta Porã implanta curso de Pedagogia e Engenharia Mecatrônica

UFMS de Ponta Porã implanta curso de Pedagogia e Engenharia Mecatrônica

A UFMS, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, cria e implanta o curso de Pedagogia – Licenciatura no Campus de Ponta Porã. O curso iniciará o funcionamento em fevereiro de 2014. A forma de ingresso é através do ENEM/SISU. A duração do curso é de 4 anos e funcionará no período vespertino, oferecendo 50 vagas. O curso busca construir-se por meio de uma identidade local (plugada na identidade nacional bem como nas realidades internacionais) que leva em consideração cinco aspectos: A vivência entre povos, pois se encontra em região de fronteira; As novas tecnologias, uma vez que o professor deve aliar-se a essas, compreendendo que na atualidade, desde muito cedo, as crianças utilizam recursos cada vez mais sofisticados, com independência e precisão.

Portanto, o professor não pode ignorar essa realidade, muito pelo contrário, deve dominá-la e subordiná-la as suas necessidades, intenções, bem como a de seus educandos; As pessoas com necessidades especiais pessoas em condição de deficiência, pessoas com dificuldades acentuadas de aprendizagem, pessoas com síndromes, entre outros; A transdisciplinaridade, uma vez que se reconhece que as disciplinas não são estanques e nem representam conhecimentos acabados e centrados somente em si; A pesquisa, compreendida como possibilidade de repensar a prática e a teoria que envolve o fazer pedagógico e possibilita a produção de novos conhecimentos, produtos, tecnologias.

A Pedagogia vem contribuir com o desenvolvimento do Campus juntamente com os cursos existentes: Ciência da Computação, Matemática-Licenciatura e Sistemas de Informação.

Em 2015 a Universidade traz o curso de Engenharia Mecatrônica.

A Engenharia Mecatrônica enfatiza o estudo das tecnologias de controle e automação dos processos industriais, agropecuários e de serviços que exigem ferramentas complexas e sofisticadas para gerar, em tempo real, seus diversos tópicos integrados.

O curso pretende inovar, voltando-se para a robótica e todas as áreas correlatas, tais como inteligência e visão computacional, mecânica, controle e programação. Atualmente, este mercado vem se tornando muito lucrativo. A Engenharia Mecatrônica funciona como uma espécie de "engenharia do futuro ". Inicialmente, o curso tem disciplinas comuns a qualquer engenharia: cálculo, física, computação, mecânica e eletrônica básica.

Na parte específica do curso, são introduzidas disciplinas que incluem circuitos lógicos, controle de sistemas mecânicos e automação industrial. O curso envolve várias das disciplinas, envolvem aspectos práticos e experimentais na formação do profissional.

Escrito por Fernando Akiito Moltocaro