Homem é preso no MT, após matar a ex-mulher em Aquidauana MS

A policia prendeu nesta sexta-feira, dia 15 de maio, em Rondonópolis, no Mato Grosso, Reinaldo Dei Carpes Rocha, de 39 anos, procurado por assassinar a ex-esposa Ariadini Molina, de 26, com um tiro na cabeça. Segundo o site Campo Grande News, o crime ocorreu no dia 03 de abril, em Aquidauana, cidade localizada na região do Pantanal Sul-Mato-Grossense. Para escapar da polícia, ele usava CNH (Carteita Nacional de Habilitação), falsa.

No dia do assassinato, Reinaldo saiu da fazenda em que trabalhava, na região do Pantanal, foi até a cidade, matou a ex-mulher e fugiu em uma motocicleta emprestada por um amigo. Mas ele estava foragido da justiça desde fevereiro, quando um mandado de prisão por outro homicídio foi expedido contra ele.

Reinaldo foi condenado a 14 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato de Anderson Cardoso Barbieri. O crime aconteceu em julho de 2012, em uma fazenda também no Pantanal. Segundo denúncia do Ministério Público, ele e um comparsa agrediram a vítima até a morte após uma discussão por motivo fútil. Reginaldo só foi condenado em 2018.

Feminicídio

Segundo as investigações, Reinaldo e Ariadini viviam um relacionamento conturbado há seis anos. Por ser agredida várias vezes, a mulher registrou seis boletins de ocorrência contra o ex-marido. Reinaldo cometia violência física e psicológica contra a mulher, com quem teve duas filhas.

Depois da separação, ele fez várias ameaças de morte por telefone. Na tentativa de se proteger, a mulher procurou a Delegacia de Atendimento à Mulher em março deste ano, registrou um boletim de ocorrência contra o ex e pediu medida protetiva.

Na denúncia, Ariadini contou que o ex afirmou que sairia do pantanal, onde estava escondido, apenas para matá-la. Dias depois, cumpriu as ameaças. 

Douradosnews

Deixe sua opinião