Boulos bate recorde com maior vaquinha virtual em eleições municipais

O candidato Guilherme Boulos (Psol), que disputa o 2º turno da corrida eleitoral pelo comando da prefeitura de São Paulo contra Bruno Covas (PSDB), bateu o recorde de arrecadação via crowdfunding (doações de pessoas físicas por meio da internet) para uma campanha municipal no Brasil.

De acordo com o aplicativo Voto Legal, a candidatura levantou R$ 1.946.292 em 19.246 doações realizadas na plataforma até 13h30 desta 2ª feira (23.nov.2020).

Com isso, Boulos supera a marca do deputado Marcelo Freixo (Psol-RJ), que arrecadou R$ 1.454.452 nas eleições para a prefeitura do Rio de Janeiro em 2016.

 levantamento do Poder360 considerou os recursos categorizados pelo TSE como “financiamento coletivo” ou “doações via internet”.

Como os dados divulgados pelo Tribunal têm atraso, optou-se por buscar as informações mais atualizadas nas plataformas de financiamento coletivo para os 10 primeiros colocados em 2020. Só 2 deles (Boulos e Arthur “Mamãe Falei”) entraram na lista das 10 maiores arrecadações desde 2016.

Com a marca, o candidato do Psol tornou-se também o 2º a arrecadar mais dinheiro pela modalidade considerando até mesmo candidaturas presidenciais. Ele ficou atrás apenas de Jair Bolsonaro, que levantou R$ 3,7 milhões em 2018.

Já Bruno Covas (PSDB), que lidera as pesquisas eleitorais em São Paulo, arrecadou R$ 84.500 mil via crowdfunding. Foram 254 doações recebidas, totalizando R$ 84.501 até o momento.

No valor total arrecadado pelas campanhas (incluindo doações de partidos), contudo, de acordo com o site do TSE, até 13h30 desta 2ª (23.nov), o tucano tinha R$ 18.386.461, contra R$ 5.342.715 de Boulos. Os dados são parciais e ainda podem sofrer alterações.

CONTEXTO

O STF (Supremo Tribunal Federal) proibiu doações de empresas a candidatos em 2015. Até então, essa era a principal fonte de financiamento para as campanhas. O pleito de 2016 foi o 1º sem essa modalidade de arrecadação. Desde então, os que mais arrecadaram foram Bolsonaro e, agora, Boulos.

MODALIDADE ENGATINHA

As prestações de contas parciais indicam R$ 4,5 bilhões arrecadados até agora por todos os candidatos. Só R$ 11,5 milhões (0,3%) são de recursos arrecadados por vaquinha virtual. Dos 537 mil candidatos considerados aptos, 2.878 declararam até agora ter recebido recursos dessa forma.

Fonte: Poder 360

🔥35

Deixe sua opinião