Enfermeiros do Hospital Regional fazem paralisação por reajuste salarial

Greve ocorre no momento em que a região está com aumento de casos da Covid-19. Além de reajuste salarial, enfermeiros também falam das condições de trabalho e pedem a contratação de mais pessoas.

Ao menos 60 enfermeiros fazem uma paralisação por reajustes salariais nesta quinta-feira (27), de acordo com o sindicato da categoria. Todos eles atuam no hospital regional de Ponta Porã, na região sul do estado, sendo que a maioria é contratada pela organização social que administra o hospital.

Segundo Lázaro Antônio Santana, que é o presidente do sindicato da categoria, os profissionais também falam das condições de trabalho e pedem a contratação de mais pessoas. Além de Ponta Porã, o hospital também atende ao menos 9 cidades da região, sendo que também recebe pacientes do Paraguai.

A greve ocorre no momento em que a região está com aumento de casos da Covid-19. Neste momento, por exemplo, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está lotada. Antes, a semana com maior número de casos em Ponta Porã tinha sido entre os dias 3 a 9 de janeiro deste ano, com 379 novos casos de Covid.

Na semana anterior, no entanto, o número quase dobrou. Entre os dias 16 a 22 de maio, Ponta Porã teve 566 casos, sendo a maior alta desde o início da pandemia. No HR do município, os 30 leitos de Covid estão ocupados, conforme as autoridades de saúde.

G1

Últimas notícias

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: