Servidores públicos estaduais poderão sacar salário a partir do dia 1° de setembro

Funcionários públicos estaduais de Mato Grosso do Sul poderão sacar o salário a partir do dia 1° de setembro.  

Os recursos somam R$390 milhões na economia do Estado e beneficiam mais de 80 mil matrículas entre servidores ativos e inativos. O depósito será realizado nesta terça-feira (31).

Pagamento do décimo terceiro

Em relação ao município de Campo Grande, o dinheiro para o pagamento do 13º salário dos funcionários públicos já está provisionado, segundo o prefeito Marcos Trad (PSD).

O gestor informou anteriormente que o compromisso será honrado dentro do período determinado por lei, mas não haverá antecipação.

“Já está separado. Vou pagar uma parcela única dentro do que a lei determina. Vai ser em dezembro mesmo”, disse ao Correio do Estado.

A não antecipação do benefício, pago tradicionalmente entre novembro e dezembro, já havia sido informada em junho pelo secretário municipal de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto.

Trad não informou qual o valor provisionado.

Ao todo, são cerca de 27 mil servidores ativos, inativos e pensionistas em Campo Grande.

A folha de pagamento mensal, conforme informado pela Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento (Sefin), gira em torno de R$ 135 milhões.

Estado e INSS

Quanto aos servidores públicos estaduais de Mato Grosso do Sul, a primeira parcela do 13º foi antecipada e paga no dia 2 de julho.

Foi injetado na economia do Estado o montante de R$ 250 milhões, referentes à primeira parcela da gratificação natalina para 79 mil funcionários.

Ainda não foi definida a data em que a gestão estadual pagará a segunda parcela do 13º salário, mas deverá ser no previsto, até dezembro.

Além dos recursos da gestão estadual, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também disponibilizou R$ 1,488 bilhão no começo de julho, somando a antecipação do décimo terceiro e a folha salarial de aposentados e pensionistas.

Referente apenas ao 13º salário, a primeira parcela dos servidores aposentados pelo INSS começou a ser paga em junho.

Em Mato Grosso do Sul, a antecipação da primeira parcela injetou R$ 231,759 milhões na economia estadual.

Foram 311.886 benefícios a serem pagos a aposentados e pensionistas do Estado nesta etapa.

A segunda parcela do 13º foi paga entre 24 de junho e 5 de julho.

Fonte: Correio do Estado

Deixe sua opinião