Médico brasileiro e família são feitos reféns em Pedro Juan Caballero

Um assalto com tomada de reféns foi registrado no centro da cidade

O acontecimento inusitado foi registrado na madrugada desta terça-feira (31) na residência particular de um conhecido médico, dois sujeitos foram descobertos pelo dono da casa , tomaram seus ocupantes como reféns e exigiram uma soma exorbitante de dinheiro em dólares.

O incidente ocorreu por volta das 3h da manhã desta terça-feira 31, dentro de uma casa localizada na Calle 14 de Mayo, quase Cerro León, no bairro Perpétuo Socorro desta cidade, de propriedade do médico M. Cardozo Rolón, um brasileiro de 40 anos ele e sua esposa, S. S. Schuter, uma paraguaia de 39 anos de profissão como nutricionista.

De acordo com o relato do Dr. Cardozo, às 3h da manhã de terça-feira, 31, ouviram o latido do cachorro na sala, então ele foi verificar o que era, e quando abriu a porta para verificar, conseguiu observar uma pessoa escondida embaixo de um dos veículos estacionados na garagem da casa, e ao tentar fechar a porta, dois sujeitos apontaram armas de fogo para ele, forçando sua esposa, seus dois filhos e seus sogros que estavam em a casa, para se encontrarem na sala onde foram mantidos como reféns.

Na hora de vasculhar todos os cômodos da casa, os bandidos exigiam a entrega da absurda soma de um milhão de dólares, quantia que ninguém possuia naquele momento, os meliantes exigiram que ele fizesse uma transferência, que seria através de caixa eletrônico, de sua conta para outra conta, transação que ocorreu. , embora o valor transferido não tenha sido determinado. Os criminosos, que sempre agiram com violência, falavam em português, um deles com sotaque espanhol, além do dinheiro transferido pegaram em joias e outros objetos de valor.

A provação que a família Cardozo Schuter teve de suportar culminou por volta das 5 horas da manhã com a fuga dos criminosos.

Polícia, Ponta Porã, Últimas notícias

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: