Criminoso brasileiro que entrou no Paraguai para adquirir armas é capturado

Agentes da Diretoria de Investigação Criminal do Alto Paraná prenderam um suposto criminoso brasileiro que entrou ilegalmente no Paraguai pela Ponte da Amizade, aparentemente com a intenção de adquirir armas de fogo. Várias peças de prova foram apreendidas de sua posse. O procedimento ocorreu ontem, aproximadamente às 09h55, na Avenida Monseñor Rodríguez, no centro de Ciudad del Este.

O detido foi identificado como Hiago Vinicius Da Silva López, 29 anos, natural de Manhuacu, Brasil, domiciliado na estado do Espírito Santo, Minas Gerais, no país vizinho. O homem possui antecedentes por tráfico internacional de drogas e porte ilegal de arma de fogo, segundo o relatório da Polícia Federal do Brasil. no centro de Ciudad del Este, e o prenderam ontem de manhã para levá-lo à justiça. A informação que eles trataram é que a intenção deles era adquirir armas de fogo e vendê-las no mercado negro.

Ao interceptado pelos interventores, ele próprio resistiu, brigando com os agentes, então os interventores usaram a força para reduzi-lo e colocá-lo algemado para posteriormente transferi-lo para a base da Delegacia de Polícia.

A Polícia Federal do Brasil, por meio da Secretaria do Comando Tripartite – Delegação do Paraguai, prestou a informação de que o referido sujeito registra antecedentes criminais pelo suposto ato de tráfico internacional de drogas em 2016 e porte ilegal de arma de fogo em 2012.

EVIDÊNCIA

Foi apreendido dinheiro de estrangeiros, no valor de 6.800 dólares norte-americanos, 250 reais e 2.000 guaranis; um celular da marca Iphone, modelo 6, preto; uma mochila cinza e preta, com a inscrição Dakley, contendo dentro da calça, uma camiseta e uma jaqueta verde escura.

O procedimento foi comunicado ao promotor criminal de plantão da unidade nº 8 região 2 Luis Alberto Torres, que ordenou a apreensão das provas acima mencionadas e o encaminhamento para sua unidade criminal.

Sem categoria, Últimas notícias

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: