Suspeito das mortes de ‘Dr. Cannabis’ e Suboficial se entregou em PJC

Últimas notícias

Na manhã desta quarta-feira(26), compareceu na 7ª Delegacia da PJC o cidadão Erwin Carneiro Gómez, de 28 anos, envolvidos no crime ocorrido contra Sandro Saúl Sánchez, conhecido como Dr. Cannabis, assassinado em 16 de março.

Da mesma forma, com o ato de homicídio por encomenda contra o suboficial Secundino Cañiza ocorrido em 23 de julho. O comissário Abel Cantero, vice-chefe de investigações, indicou durante que a ligação entre os dois crimes é a descoberta de uma arma usada contra as duas vítimas.

Assassinato do suboficial

Já o comissário de polícia chefe da Subestação nº 6 de Colônia Guavirá, Secundino Cañiza, foi executado em frente à sua casa, no bairro San Blas, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. O crime ocorreu na noite do dia 21 de julho.

Cañiza foi executado, quando estava prestes a entrar em casa. Os autores estariam em uma moto, realizaram os disparos que mataram Cañiza e então fugiram. Foram realizados cerca de 15 disparos.

O suboficial chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital Viva Vida, em Pedro Juan Caballero, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

Deixe sua opinião