Advogado assassinado em PJC já havia sido preso no Brasil por tráfico de drogas

O advogado e ex-jogador de futebol vítima de assassinato na última segunda-feira , já havia sido preso no Brasil acusado de tr[afico de drogas juntamente com sua esposa. “Policiais federais flagraram o casal paraguaio Joel Angel Villalba Aguero e Dalcy Antonia Sanchez de Escobar entregando o Hyunday placa AUE-322 (Paraguai), carregado com quase oito quilos de cocaína escondidos no estepe, ao uruguaio Daniel Makoto Hirai Torii. A entrega da chave do carro ocorria dentro da rodoferroviária, quando os três foram flagrados”


Foi expulso do Brasil:

Portaria CPMIG nº 78, de 14 de janeiro de 2020, publicada no Diário Oficial da União do dia 15 subsequente, o Senhor Coordenador de Processos Migratórios, no uso da competência que lhe foi conferida pelo artigo 1º, VII, da Portaria SENAJUS/MJSP nº 432, de 17 de junho de 2019, publicada no Diário Oficial da União do dia 21 subsequente, determinou a expulsão do Território Nacional, em conformidade com o artigo 54, § 1º, II, § 2º, da Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017, do estrangeiro JOEL ANGEL VILLALBA AGUERO, de nacionalidade paraguaia, filho de Marcelino Villalba e Porfiria Sulma Aguero de Villalba, nascido em Pedro Juan Caballero,na República do Paraguai, em 10 de abril de 1976.

(Brasiguaionews)

Advogado e ex-jogador de futebol é morto a tiros em Pedro Juan Caballero

Fonte: Andy Benites
Sem categoria Tags:, , , , ,

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: