Garras frustra tentativa de Fação paulista de roubar a Caixa Econômica Federal

0
58
Banner 300x250

A Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros (Garras) desmontou um esquema montado por integrantes de uma organização criminosa para desviar dinheiro da Caixa Econômica Federal por meios digitais. 

A ação policial resultou na prisão em flagrante de três pessoas supostamente a serviço da organização criminosa paulista, e no resgate de um dos gerentes da agência da Caixa Econômica Federal da Avenida Julio de Castilhos, em Campo Grande, e de sua namorada, que chegaram a ser sequestrados por dois dois dos envolvidos. 

A modalidade chegou a ser descrita como “Novo Cangaço Digital” pelo delegado do Garras, Fábio Peró, como uma maneira de coagir ou aliciar funcionários de instituições bancárias a desviarem valores eletronicamente. O motivo é simples: com a popularização do Pix, e de outros meios eletrônicos de pagamento, é cada vez menor o volume de dinheiro em espécie circulando, o que leva os bandidos a apostarem em técnicas para furto ou roubo digital de valores. 

Estão presos em flagrante Caio Fábio Santos Felipe, 30 anos, também conhecido como “El Tanque”, ou “Caio Tanque”, o auxiliar convidado por Caio para ajudá-lo na empreitada: Moises dos Santos Parras Barreto Lima, 20, e Jhonatan Kelvin da Cunha de Souza, 29, o JS PCC.

Fonte: Correio do Estado

Relacionado

Deixe sua opinião