Transexual “Tieta” é brutalmente assassinada na fronteira: suspeito é seu próprio namorado

0
590
Banner 300x250

Um crime chocante abalou a cidade de Bela Vista, na fronteira com Bella Vista Norte, no lado paraguaio da fronteira. Tieta, uma transexual amplamente conhecida e respeitada na região por seu carisma e tratamento gentil com todos, foi encontrada morta em sua residência localizada na Rua José Simplício da Costa Marques, no bairro Primavera 4.

De acordo com informações divulgadas pela polícia, a vítima foi vista pela última vez na noite de quarta-feira, acompanhada de seu namorado, cujo nome não foi revelado. Testemunhas relataram que presenciaram uma discussão acalorada e agressões verbais e físicas entre Tieta e seu companheiro durante a tarde do mesmo dia.

O crime teria ocorrido por volta das 22h, quando a vítima foi brutalmente esfaqueada em diferentes partes do corpo dentro de sua própria residência. Após o ataque, o autor trancou Tieta no quarto e desapareceu, não sendo mais visto na cidade. O namorado da vítima se tornou o principal suspeito do crime.

O corpo de Tieta só foi descoberto nesta quinta-feira pelos familiares, causando consternação e revolta na comunidade local. A perícia técnica da Polícia Civil esteve presente no local do crime para realizar os levantamentos necessários.

As investigações estão em andamento para esclarecer o caso, descobrir a motivação por trás desse ato brutal e identificar o responsável pelo assassinato de Tieta. A polícia está empenhada em reunir provas e depoimentos que possam levar à elucidação do crime e à prisão do suspeito.

A comunidade de Bela Vista está abalada com a perda de Tieta, uma figura querida e respeitada por todos. Sua morte trágica levanta questões sobre a violência contra a população LGBTQ+ e a necessidade de combater o preconceito e a intolerância.

Relacionado

Deixe sua opinião