Rondoniense vence concurso de miss da UCP em Pedro Juan Caballero

Cerca de 30 candidatas representando as diversas turmas de Medicina da Universidad Central Del Paraguay (UCP) de Pedro Juan Caballero, participaram na noite de quarta-feira (27) no Clube Aquidaban do Concurso Miss UCP 2019. O evento faz parte das atividades de integração e bem estar estudantil que é uma das exigências das autoridades de ensino superior do Paraguai.

O evento foi prestigiado por cerca de 500 pessoas e cada turma levou a torcida para sua representante o que garantiu uma grande disputa na passarela e na platéia animada que abrilhantou ainda mais a noite de gala para as candidatas que buscavam o lugar que de Jéssica Teixeira que era a atual miss e que passaria a coroa para a vencedora.

Cada candidata se apresentou aos jurados por três oportunidades em trajes e exibições diferentes onde mostraram beleza, simpatia e desenvoltura no palco, quesitos foram avaliados pelos jurados e que determinou a escolha da vencedora. Uma das juradas foi à universitária Thayana Prates que foi eleita a Miss UCP de Ciudad Del Este e que também fez uma apresentação especial para a platéia presente.

Depois de analisados os quesitos obrigatórios e somadas as notas foram escolhidas as cinco finalistas e voltaram ao palco Bruna Almeida Passos, Bianca dos Santos, Thais Cristina Schleicher, Ariana Maria Ramos e Ana Júlia Ferreira.

Na pontuação geral a rondoniense Bruna Almeida de 23 anos e aluna do segundo semestre foi à grande vencedora e recebeu a faixa e a coroa de Miss UCP 2019. Muito emocionada ela disse que ficou não esperava o resultado já que entre elas havia muitas garotas belas em condições de vencer a competição, mas que estava muito contente em poder representar a universidade até a escolha da próxima miss.

De acordo com o diretor administrativo da UCP, Karlos Bernardo, Bruna vai representar a instituição em eventos oficiais e em atividades filantrópicas e de projetos de extensão universitária ajudando em ações sociais que envolvam a comunidade de Pedro Juan Caballero.

Antonio Coca

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *