Hospital Regional de Ponta Porã (MS) faz treinamento sobre uso correto de equipamentos de proteção individual

Capacitação constante garante segurança aos profissionais que estão na linha de frente no combate ao Coronavírus; unidade é gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Mato Grosso do Sul O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS), promoveu ao longo da semana treinamento sobre o uso consciente, paramentação adequada e descarte correto dos equipamentos de proteção individual (EPIs).

A iniciativa foi proposta pelo comitê de crise Covid-19 e tem intuito de reforçar as orientações do infectologista da unidade, Pablo Custódio, e atualizar os profissionais sobre uma proteção adequada contra o Coronavírus. O hospital é gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Mato Grosso do Sul. “Orientamos todos os profissionais sobre paramentação correta e uso dos EPIs e reforçamos que todos usem com responsabilidade.

Verificamos que em outros países, quando chegou no ápice da curva epidemiológica de infecção do vírus, faltaram materiais de proteção individual para vários profissionais. Estamos prevenindo, por isso é importante ter consciência para não ocorrer a contaminação e não faltar equipamentos para os demais setores”, disse o coordenador de enfermagem da UTI , Cássio Humberto Rocha. As recomendações serão repassadas por todas as clínicas e áreas críticas da unidade. O comitê de crise atualiza a equipe multidisciplinar, conduz estratégias e protocolos para otimizar o atendimento e ajuda a conter a disseminação do vírus.

O comitê é presidido pelo médico infectologista Pablo Custódio e conta com apoio dos médicos e enfermeiros que realizam orientações diárias entre os setores. “Durante o atendimento a pacientes com infecção suspeita ou confirmada para novo Coronavírus, o profissional deve usar equipamentos de proteção como máscara cirúrgica, luvas, aventais descartáveis de mangas longas, gorro e óculos de proteção.

O cuidado com a higienização das mãos é essencial, antes e depois do atendimento. Todo profissional de saúde que entrar em contato com outro profissional deve manter-se de máscara”, orientou o médico infectologista, Pablo Custódio. Referência – O hospital atende população de mais de 200 mil habitantes dos oito municípios da região sul do estado, conta com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e é referência na microrregião para o tratamento dos casos de Covid-19.

A unidade adequou um setor próprio para pacientes com sintomas respiratórios. Dentro dessa área há equipe específica com roupas e materiais de proteção individual, sala de estabilização respiratória com monitores, respiradores e uma Unidade de Terapia Intensiva com capacidade para 10 leitos.  — 

Camila Gonçalves Fernandes Kaveski

Assessora de Comunicação do Hospital Regional Dr. José de Simone NettoContatos: +55.67.99151-4386

🔥143

Deixe sua opinião