Estado: Aulas seguem suspensas até maio

Educação

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) prorrogou até o dia 3 de maio a suspensão das aulas presenciais no Estado. A medida faz parte das ações de isolamento social adotadas para evitar a transmissão do novo coronavírus no Estado e foi publicada na edição desta terça-feira (1º) do Diário Oficial.

Conforme o decreto, a decisão levou em conta as necessidades de se ampliar a prevenção contra a doença, que já matou uma pessoa e contaminou outras 48.

A norma vale para a rede estadual, mas afirma que as escolas municipais e particulares também deverão observar o disposto pelo poder público. 

O Governo paralisou as aulas no dia 23 de março, embora a Prefeitura de Campo Grande e alguns estabelecimentos privados já tivessem se antecipado e fechado as portas desde o dia 18. Inicialmente o prazo de validade da medida era de 15 dias, mas optou-se agora por estendê-lo. 

Durante o afastamento, atividades continuam encaminhadas para os alunos à distância pelos professores. 

Correio do Estado

Deixe sua opinião