Ponta Porã e Pedro Juan Caballero se reúnem para o enfrentamento contra o Covid-19

Quarta-feira, 22/04/2020, por volta das 14h30min estiveram reunidos no Centro Internacional de Convenções, o prefeito da cidade de Ponta Porã-MS Hélio Peluffo Filho-PSDB, o secretário Mun. de Saúde Dr. Patrick Derzi, Marluce Caimar, coordenadora de Vigilância Sanitária do município, o vereador Marcelino Nunes de Oliveira-PDT, e demais vereadores, a presidente da Associação Comercial de Ponta Porã (ACEPP) Fabrícia Dias, Luiz Carlos Sousa Santos, neste ato, representando o comandante da GCMFron Juliano Luiz Perez Gomes, o presidente da Câmara de Indústria, Comércio Turismo e Serviços de Pedro Juan Caballero-PY, Víctor Hugo Barreto, que neste ato representou o governador do Departamento de Amambay-PY (equivalente à Estado no Brasil), o Intendente.Da cidade de Pedro Juan Caballero-PY José Carlos Acevedo (PLRA) (equivalente à prefeito no Brasil) Seguimentos da área empresarial, autoridades civis e sociedade organizada de Ponta Porã-MS.Para tratar de assuntos referentes à possível criação de uma barreira sanitária que possa ter um local definido oficialmente, para registrar a entrada e saída de brasileiros e paraguaios na fronteira seca entre as duas cidades gêmeas, que precisam cruzar os dois lados da fronteira para trabalhar, estudar, realizar transações de compras e turismo, dentre outras atividades culturais que unem os povos de Ponta Porã-MS e Pedro Juan Caballero-PY, tudo isso em comum acordo entre os governos do Estado de Mato Grosso do Sul e o Departamento de Amambay-PY, que por se tratar de uma conurbação tem as suas. peculiaridades territoriais geográficas, econômicas e culturais.

Em Sua fala, o prefeito Hélio Peluffo Filho-PSDB destacou que está disposto a contribuir com a disponibilização da logística da Vigilância Sanitária do município, e que já manteve contato com o governador Reinaldo Azambuja-PSDB, que já deu o seu aval em disponibilizar efetivos do 4º Grupamento de Bombeiros Militares.

Para atuarem no controle de entrada e saída de pessoas na fronteira entre os dois países, juntamente com os fiscais da Vigilância Sanitárias, que irão identificar pessoas, com possíveis sintomas, casos suspeitos e encaminhar pessoas para exmes médicos que possam confirmar possíveis casos de pessoas contaminadas com a Covid-19, utilizando-se de Equipamentos como o termômetro digital à laser, testes rápidos, dentre outras tecnologias e logísticas disponíveis no município de Ponta Porã-MS. Ponta Porã-MS, conta hoje com 15 leitos para internação no Hospital Regional e com vinte e cinco (25) aparelhos de respiração para atender possíveis pacientes que possam vir a serem entubados, devido a infecção causada pelo Covid-19, disse o Secretário de Saúde, Dr. Patrick Derzi.

Assessoria

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: