Policiais civis teriam sido executados durante resgate ou tentativa de fuga de preso

Dois policiais civis foram assassinados na tarde desta terça-feira (09), no cruzamento da Rua Joaquim Murtinho com a Avenida Fernando Corrêa da Costa, no Itanhangá Park, em Campo Grande. A investigação do crime trabalha com duas hipóteses: de que eles teriam sido executados em uma tentativa de resgate de preso que transportavam ou que o próprio preso os teria matado e fugido. O homem era transportado pelos policiais em viatura descaracterizada.

Informações preliminares apontam que o criminoso teria atirado contra os policiais, resgatado o preso e fugido em seguida. Ou que o preso teria matado os policiais e, com apoio de um outro homem, teriam roubado um automóvel Polo branco. Forças de segurança se mobilizam para tentar encontrá-los. Um deles ainda estaria algemado.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas, mas os policiais não resistiram. Além da Polícia Civil, também prestam apoio na busca equipes da Polícia Militar. Em breve mais informações.

Midiamax

Deixe sua opinião