Morre aos 32 anos goleiro de handebol do Porto vítima de mal súbito em treino

Goleiro de handebol do Porto e da seleção de Portugal, Alfredo Quintana morreu nesta sexta-feira (26) após ficar cinco dias internado. Na última segunda-feira (22), o jogador, de 32 anos, sofreu uma parada cardiorrespiratória e chegou a ficar 45 minutos sem as funções vitais antes de ser reanimado.

“A mensagem que nunca pensamos partilhar: o nosso querido Alfredo Quintana partiu hoje. Será para sempre lembrado como um dos nossos. Um verdadeiro Dragão. Descansa em paz, Eterno Quintana!”, publicou o Porto em seu perfil das redes sociais.

Natural de Havana, em Cuba, o goleiro estava desde 2011 no Porto e posteriormente se naturalizou português em 2014. Pela seleção, o melhor resultado foi no último mundial, no Egito, quando Portugal conseguiu a 10ª colocação.

Deixe sua opinião