Ataque em creche: o que se sabe sobre ato que matou adultos e crianças em SC

Polícia Principal Últimas notícias

Um homem de 18 anos invadiu uma creche na manhã desta terça-feira (4/5) e matou ao menos cinco pessoas na cidade de Saudades, no interior de Santa Catarina, segundo a Polícia Militar.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o homem estava armado com um facão e atingiu alunos e professores. Duas professoras, Kelly Adriane Aniecevski, de 30 anos, e Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos, e três crianças morreram.

Mirla chegou a ser encaminhada a um hospital, mas não resistiu.

Entre as crianças mortas, haviam duas meninas. Uma de 1 ano e 7 meses e outra de 1 ano e 8 meses. A outra vítima é um menino de 1 ano e 9 meses.

Uma criança de 1 ano e 8 meses passou por uma cirurgia e permanece internada numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ainda segundo a polícia, o criminoso também deu facadas contra o próprio pescoço, abdome e tórax. Ele foi socorrido e encaminhado, em estado gravíssimo, para um hospital da região.

As investigações policiais apontam que o criminoso chegou à Escola Municipal Infantil Pró-Infância Aquarela, de bicicleta, por volta das 10h. Ele atingiu duas professoras e alguns alunos usando a arma branca.

Segundo testemunhas, o homem entrou na sala de aula e começou a dar golpes nos estudantes e professoras. As vítimas gritaram por socorro, quando pessoas que estavam passando na rua entraram na escola e detiveram o criminoso.

Em entrevista à TV Globo, uma professora que não estava na escola no momento do ataque, mas ajudou a socorrer as vítimas, afirmou que outros professores trancaram as salas para evitar que o criminoso encontrasse outras crianças.

Rua diante da escola infantil atacada, em Saudades (SC)
Legenda da foto,As investigações apontam que o criminoso chegou à creche pré-infância Aquarela, de bicicleta, por volta das 10h. Ele atingiu uma professora, uma funcionária e alunos usando a arma branca

Ainda segundo o depoimento à polícia de pessoas que presenciaram a agressão, o jovem disse ter sofrido bullying, mas que não tinha estudado na creche. A escola atende crianças de 6 meses a 2 anos de idade.

Uma professora e duas crianças morreram antes mesmo de serem socorridas.

Segundo a polícia, o agressor não tem antecedentes criminais e já tinha sido imobilizado quando os agentes chegaram para atender a ocorrência.

A cidade de Saudades tem pouco mais de 9 mil habitantes, segundo o último Censo, de 2010. Ela fica a cerca de 60 km de Chapecó, no oeste de Santa Catarina.

Equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e do Instituto de Perícias foram ao local do crime para investigar a ocorrência.

Após uma varredura naa casa do assassino, a polícia encontrou R$ 11 mil em dinheiro e duas embalagens com facas novas.

https://www.bbc.com/

Deixe sua opinião