Verstappen diz que ultrapassagem da vitória no GP da França foi fácil

Foto: Nicolas Tucat – Pool/Getty Images

Largando da pole position no GP da França, Max Verstappen viu Lewis Hamilton se aproveitar de um erro seu para tomar a liderança da prova no início da disputa, mas, no fim, conseguiu recuperar a vantagem com a estratégia e sacramentar sua terceira vitória no campeonato. Após a corrida, o holandês da RBR avaliou seu desempenho e admitiu que a experiência não foi tão tranquila, mas confessou que a manobra valendo o triunfo na penúltima volta esteve longe de ser complicada.

– Optamos pela estratégia de duas paradas e eu fiquei tipo, “vamos ver se vai dar certo”. Quando me aproximei, vi que os pneus de Lewis estavam muito gastos, então abri a asa traseira e fui. Foi uma ultrapassagem razoavelmente, digamos, fácil. Mas claro, eu tinha pneus mais novos. Funcionou, mas foi muito apertado – disse Verstappen.

O que garantiu a vantagem do holandês foi a ultrapassagem sobre Hamilton quando o britânico deixava os pits após sua primeira troca. Na 32ª volta, o piloto da RBR fez um segundo pit stop para trocar os pneus duros pelos médios. O heptacampeão voltou para a liderança, mas estava com pneus mais gastos e perderia tempo se parasse de novo.

Verstappen deixou Valtteri Bottas para trás e, em segundo lugar, reduziu a distância para o piloto da Mercedes de 5s para 0s5. Na penúltima das 53 voltas da prova, ele conseguiu ultrapassar e vencer, apesar do erro que cometeu no começo.

– Minha primeira volta saindo dos pits foi muito boa, mas eu não esperava que o undercut funcionasse tão bem. De repente eu tinha muito mais aderência nos pneus. Não sei o quão rápida foi a parada de Lewis, mas acho que ninguém esperava segurá-lo. O início da corrida foi muito complicado para mim. Tive meu momento na Curva 1; virei achando que estava tudo bem, perdi a traseira e sai da pista. Fiquei muito chateado na hora, mas é preciso pensar no futuro – explicou o líder do campeonato.

Max Verstappen comemora vitória no GP da França — Foto:  Clive Rose/Getty Images

Max Verstappen comemora vitória no GP da França — Foto: Clive Rose/Getty Images

Faltou ímpeto?

Campeão da F1 em 2016 e ex-rival de Hamilton na Mercedes, Nico Rosberg se surpreendeu com a manobra de Verstappen sobre seu antigo companheiro; mas não pelo desempenho do piloto da RBR, e sim porque o heptacampeão não “dificultou” a vida do atual líder do campeonato:

– Isso é incomum para Lewis. Feche a droga do caminho! Não? Ele geralmente é o melhor piloto nos duelos e estou surpreso que ele não tenha, pelo menos, tentado frear mais tarde. Foi um pouco mole da parte de Lewis. Eles (a RBR) estão realmente se tornando a força dominante. Isso está colocando muita pressão sobre a Mercedes, que está cometendo erro após erro. Eles precisam ter cuidado.

Hamilton e Verstappen agora estão empatados com três vitórias cada, em sete disputas. A oitava etapa da temporada 2021 da F1 será o GP da Estíria no Circuito de Spielberg, no próximo domingo, 27.

Globoesporte

Eventos, Últimas notícias

Deixe sua opinião

%d bloggers like this: